Notícias

Florianópolis recebe Rede de Monitoramento Cidadão

Todas as cidades enfrentam desafios relacionados ao crescimento e avanços em áreas como saneamento básico, mobilidade urbana e até mesmo o investimento correto do dinheiro público. Por conta disto a partir desta segunda-feira (24), Florianópolis passa a contar com uma instituição que irá acompanhar o desempenho da cidade. Confira mais detalhes na reportagem de Osvaldo Sagaz.   (Ric Mais, 25/04/2017) »»

Rede de Monitoramento Cidadão

(DC, 25/04/2017) Florianópolis é uma das cinco cidades no Brasil que terá a formação de uma rede de monitoramento cidadão, iniciativa que faz do Programa Cidades Emergentes e Sustentáveis do Banco Interamericano de Desenvolvimento, com o apoio financeiro do Fundo Socioambiental da Caixa e que tem a Baobá- Práticas Sustentáveis como agência executora do projeto. »»

Florianópolis é a segunda melhor capital para se viver no país

Florianópolis é a segunda melhor capital do país para se viver. Apesar de aparecer quase no topo da lista, o município ainda tem muitos desafios, principalmente na área de saneamento, como aponta o levantamento. Além disso, Florianópolis teve uma queda, já que era líder entre as capitais em 2005 e caiu para segunda posição em 2015, apesar de ter aumentado o índice de 0,612 para… »»

Comissão especial para identificar e cobrar grandes devedores é criada em Florianópolis

Foi assinada no último dia 17 de abril pelo procurador-geral de Florianópolis, Diogo Nicolau Pítsica, e publicada do Diário Oficial do município nesta segunda-feira uma portaria (leia na íntegra no fim da matéria) que cria a Comissão Especial dos Grandes Devedores (CEGD) do município. Válida desde a data da publicação e formada por nove profissionais, a comissão deverá analisar, diagnosticar, planejar e executar a recuperação… »»

Projeto para monitorar políticas públicas, Rede Cidadão é lançada em Florianópolis

A Rede de Monitoramento Cidadão foi lançada na noite desta segunda-feira (24), na Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), uma iniciativa do programa Cidades Emergentes e Sustentáveis do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com apoio financeiro do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal, Baobá – Práticas Sustentáveis como agência executora e diversas entidades de Florianópolis como estruturantes, entre elas o Grupo RIC.… »»

Prefeitura realiza avaliação do Verão 2017 em Florianópolis

A Prefeitura de Florianópolis promove nesta quarta-feira (26) às 14h a reunião final de avaliação do Verão 2017 no auditório da CDL. Os principais setores envolvidos apresentam o balanço final de suas áreas. Batizada de Operação Presença, a ação envolveu mais de 70 órgãos e entidades com o objetivo de proporcionar uma temporada com melhores condições aos turistas e moradores. A Secretaria de Turismo, Tecnologia… »»

Florianópolis está entre cidades do Brasil que ganhará Rede de Monitoramento Cidadão

Florianópolis será uma das cinco cidades brasileiras a implantar a Rede de Monitoramento Cidadão, iniciativa que faz parte do Programa Cidades Emergentes e Sustentáveis do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O lançamento será nesta segunda-feira (24) às 19h, na Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). O objetivo da rede é acompanhar as políticas públicas por meio de uma plataforma virtual, que ainda será… »»

Consciência turística

(Por Estanislau Bresolin, DC, 24/04/2017) Duas notícias de Estados brasileiros que levam a atividade turística têm muito a nos ensinar a decisão da 11ª Turma da Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que derrubou sentença que havia interditado restaurante de um hotel de Guarujá (SP), com o entendimento de que instalar um deck de madeira perto do mar não gera, necessariamente, alteração substancial da paisagem… »»

Implantação do Parque Aeronáutico de Ratones depende da liberação de licenças ambientais

(Por Moacir Pereira, Diário Catarinense, 22/04/2017) A implantação do Parque Aeronáutico de Ratones, na SC-401,no norte da Ilha, está dependendo de estudos finais e liberação das licenças ambientais. Sua construção vai qualificar o turismo na Capital, pela facilidade de transporte aéreo que vai gerar em relação as necessidades do Sapiens Park, Centro de Convenções de Canasvieiras e todos os empreendimentos turísticos do norte e leste da ilha. O projeto já tem aprovação… »»

Pescadores estão apreensivos com a liberação das licenças para a pesca da tainha

Pescadores do litoral catarinense estão em contagem regressiva para o início da safra da tainha. Para quem pesca na praia, a temporada começa no dia 1º de maio. Quem trabalha embarcado com rede de anilha poderá pescar a partir de 15 de maio, e a pesca industrial estará liberada no dia 1 de junho. Santa Catarina tem 42.136 pescadores, mas somente cerca de 2.000 trabalham… »»

Página 1 de 2.044123...1020...»