Diretor do Ipuf defende construção de marinas em Florianópolis
21/08/2018
Comitiva do Ministério de Turismo conhece a Dinamarca e procura trazer as ideias para Florianópolis
22/08/2018

Plataforma vai reunir informações e indicadores do setor e é uma das ações do programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO de Gastronomia.

Florianópolis contará com um Observatório de Gastronomia a partir do dia 27 de agosto, em uma iniciativa coordenada pelo Sistema Fecomércio SC Sesc/Senac e FloripAmanhã. Durante o evento de lançamento da plataforma digital, a consultora em Políticas Públicas para Economia Criativa pela Organização Mundial do Comércio (OMC), Cláudia Leitão, falará sobre a relação entre gastronomia, criatividade, cultura e educação.

“O Observatório da Gastronomia é uma ferramenta muito importante para qualificar este setor e todo o turismo em Florianópolis, fomentar a geração de emprego e renda. Já temos uma ótima gastronomia, mas precisamos de mais investimentos para qualificação”, analisa a presidente da FloripAmanhã, Anita Pires. “E a gastronomia é um forte indicador de uma cidade criativa, que têm boa qualidade de vida, cidades que trabalham tecnologia, ciências e artes para o desenvolvimento sustentável, uma tendência muito forte há alguns anos”, complementa.

Desde 2014, Florianópolis tem a chancela de Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia, ao lado de outras duas cidades brasileiras – Paraty (RJ) e Belém (PA). O título contribui para o setor turístico-gastronômico local e para o desenvolvimento socioeconômico e cultural da região.

O Observatório vai apresentar um mapeamento das informações relacionadas à cadeia produtiva do setor. Conforme a gestora da plataforma digital, Nathalia Bernardinetti, do Senac SC, este é um trabalho que vai envolver produção, pesquisas e difusão de dados e ações do setor público, privado, sociedade civil, universidades, produtores e organizações multilaterais. “Será uma ferramenta para divulgação de produções científicas, técnicas e ações culturais, servindo de base para a geração de conhecimento, fomento de políticas públicas e estímulo à cadeia produtiva da Região Metropolitana de Florianópolis, além de servir de ferramenta de apoio para outras regiões”, explica.

O Sistema Fecomércio SC Sesc/Senac compõe o Grupo Gestor do Programa, ao lado de outras 12 instituições.

Santa Catarina tem na gastronomia uma importante ferramenta de desenvolvimento socioeconômico. O Estado, por exemplo, é o segundo maior produtor de ostras da América Latina, ficando atrás apenas do Chile, e hoje responde por 98% da produção nacional. Em 2017, Florianópolis foi a que mais contribuiu para a produção total do molusco no Estado, com quase duas toneladas e movimentação de cerca de R$ 11,5 milhões, de acordo com o Centro de Desenvolvimento de Aquicultura e Pesca – CEDAP, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri).

A produção de moluscos comercializados (mexilhões, ostras e vieiras) por Santa Catarina somou 13.567 toneladas no ano passado, gerando uma receita bruta estimada em R$ 66.229.093,67 para o Estado, envolvendo diretamente mais de 550 maricultores, distribuídos em 10 municípios do litoral, entre Palhoça e São Francisco do Sul.

Sobre o Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia

A Associação FloripAmanhã é a coordenadora do Grupo Gestor do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia, que conta também com com a participação da ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Santa Catarina), CDL Florianópolis, CEART/UDESC (Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina), Faculdades Estácio, Fecomércio – SC, Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau, IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), SANTUR, SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina), Secretaria Municipal de Turismo de Florianópolis, SESC (Serviço Social do Comércio de Santa Catarina), SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de Santa Catarina), SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis), UNISUL (Universidade do Sul de Santa Catarina) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

O Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia tem como parceiros estratégicos a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), SEBRAE-SC, SENAC e Propague.

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *