Projeto muda regras para cobrança em estacionamentos de Santa Catarina
19/06/2019
Segurança urbana: uma cidade boa para crianças é boa para todos
19/06/2019

Artigo de Raphael Daddab – Presidente Abrasel SC

Florianópolis é mundialmente reconhecida pelas suas belezas naturais e pela sua gastrono­mia. Em 2014, tornou-se a primeira cidade brasileira a fazer parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, na categoria gastrono­mia, na qual sua principal caracte­rística é a fusão da herança portu­guesa com a cozinha local.

Não ficamos nada a desejar aos mais renomados destinos turísticos in­ternacionais litorâneos e as coisas começam a melhorar. Porém, há uma diferença entre o que ocorre na capital catarinense e o que vemos lá fora. Aqui, estamos literalmente de costas para o mar, o que pode mu­dar radicalmente com a licitação do Parque e Marina Beira-mar Norte, cujos documentos já estão nas mãos do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Será um leque imenso de oportunidades de emprego, negó­cios, lazer e um exemplo perfeito de Parceria Público-Privada. Louvável a iniciativa da Prefeitura Municipal de expor à sociedade civil organiza­da os principais pontos do edital e suas vantagens a todos os habitan­tes de Florianópolis, nesta quarta-feira (19).

Algumas ações já são palpáveis, como a nova lei das calçadas, deso­nerando o uso de mesas e cadeiras e agora, finalmente, também regu­lamentando seu espaço. As quadras esportivas da Beira-mar Norte e da Lagoa da Conceição também já são uma realidade. Mas podemos avan­çar ainda mais. O uso de deques re­presenta um grande desafio na cida­de conhecida como o lugar do ‘nada pode’. E, por que não, pensarmos em restaurantes flutuantes, famo­sos nos melhores destinos de praia do mundo? Continuaremos lutando por isso. Precisamos avançar ainda mais nas normas legais de ocupação do espaço público. Exemplos não faltam em países como Alemanha, Holanda, Indonésia, Emirados Ára­bes e até mesmo na gélida Suécia.

A nova forma de fazer política re­força nosso otimismo e confiança de que transformaremos o Brasil em uma nação melhor para se viver e mais fácil de empreender. Saudamos a gestão municipal de Florianópolis pela luta para tirar este atraso, tor­nando Florianópolis mais atrativa e inclusiva. Obras como a marina, a despoluição da Beira-mar Norte e o alargamento da faixa de areia nas praias são claros exemplos.

(ND, 18/06/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *