Foodtech Movement chega pela primeira vez a Santa Catarina
05/04/2019
Ministro oficializa nesta semana concessão dos parques dos Aparados da Serra e da Serra Geral
08/04/2019
II ECRIATIVA

Florianópolis recebeu de 26 a 29 de março representantes das cidades que fazem parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO para intercâmbio e troca de informações durante o II ECRIATIVA.

Representantes Florianópolis (cidade criativa no segmento gastronomia) de Belém e Paraty (gastronomia), Brasília e Curitiba (design), João Pessoa (artesanato); Salvador (música), e Santos (Cinema) apresentaram suas estratégias e expuseram suas experiências para o desenvolvimento urbano sustentável. O encontro reuniu ainda as cidades observadoras de Belo Horizonte, Fortaleza e São Paulo e representantes do Ministério do Turismo, Ministério da Cidadania e UNESCO Brasil.

Durante o encontro foi decidido que será constituído um Grupo de Trabalho, sob a coordenação do Ministério do Turismo, envolvendo também o Ministério da Cidadania e a representação das cidades do ECRIATIVA. O objetivo é construir políticas públicas de estímulo à economia criativa e traçar estratégias para envolver, além dos governos municipais e estaduais, a academia, a iniciativa privada e organizações não governamentais, a exemplo do Grupo Gestor do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia, coordenado pela FloripAmanhã.

O ECRIATIVA é um importante campo estratégico de contribuições para o fortalecimento, a cooperação e o desenvolvimento local através da economia criativa. Todo o trabalho é norteado pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável com foco Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Para a presidente da Associação FloripAmanhã, Anita Pires, coordenadora do projeto em Florianópolis, reunir as cidades é fundamental para o compartilhamento de ações, estratégias, experiências, ideias e melhores práticas no campo da indústria criativa e desenvolvimento urbano. Já o prefeito Gean Loureiro, que esteve na abertura do encontro, acredita que a economia criativa é o “carro chefe do futuro”, com potencial para reacender o turismo na cidade e diminuir a sazonalidade.

Para a coordenadora de Cultura da UNESCO, Isabel de Paula, a criatividade só pode florescer em ambientes onde há essa cooperação. Ela disse que o mais importante para uma cidade criativa é “o compromisso de colocar a cultura como campo importante para o desenvolvimento urbano sustentável, acelerador do crescimento”. Para que isto se torne uma realidade, ela explicou que a UNESCO está em contato com Embratur e Apex para promover o Brasil e atrair investimentos e negócios para as cidades criativas.

Sobre a ECRIATIVA

O primeiro ECRIATIVA foi realizado em 2018, em João Pessoa, na Paraíba, onde Florianópolis foi escolhida como coordenadora geral do projeto. Durante o encontro na Capital catarinense foi realizada uma nova eleição para a coordenação-geral do ECRIATIVA, gestão março de 2019 até março de 2020, onde foi eleita a cidade Salvador, na Bahia. A gestão março 2020 a março 2021, ficará sob o comando de Brasília.

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *