Wilson Poit defende modelos de desestatização
28/02/2019
BADESC compromete-se a condicionar financiamento de projetos ao cumprimento dos requisitos de acessibilidade
01/03/2019
II E-Criativa em Florianópolis

Florianópolis vai sediar o 2º ECriativa, que acontecerá de 26 a 28 de março no Hotel Sesc Cacupé, com abertura oficial no dia 27.

Ele vai reunir as oito cidades brasileiras que fazem parte da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, criada em 2004, com o objetivo de promover a cooperação internacional entre as cidades que tem a criatividade como uma estratégica e um impulsionador para a recuperação e o desenvolvimento urbano sustentável. As cidades são: Florianópolis, Belém e Paraty (cidades criativas no segmento gastronômico); Brasília e Curitiba (design); João Pessoa (artesanato); Salvador (música); e Santos (Cinema). Também participam três municípios que estão em processo de candidatura: Belo Horizonte, São Paulo e Fortaleza. Estarão presentes ainda representantes da UNESCO Brasil, do Ministério da Cultura e do Ministério do Turismo, do Sebrae Nacional e integrantes do Grupo Gestor e da Confraria do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia.

O encontro em Florianópolis é um processo importante de cooperação e intercâmbio técnico. Durante o encontro os participantes vão conhecer os projetos futuros das cidades que integram a Rede Brasileira de Cidades Criativas UNESCO. “Reunir as cidades é fundamental para o compartilhamento de ações, estratégias, experiências, ideias e melhores práticas no campo da indústria criativa e do desenvolvimento urbano. Cada uma das oito cidades brasileiras que integram a Rede poderão mostrar o que estão desenvolvendo e como está sendo o resultado de cada uma de suas ações e os desafios que elas enfrentam”, destaca Anita Pires, coordenadora geral do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia.

Durante o encontro será iniciado o processo de cooperação e intercâmbio técnico, a construção do Manifesto das Cidades Criativas Brasileiras e do Regimento da Rede Brasileira de Cidades Criativas UNESCO. Os participantes também farão visitas técnicas à Fazenda de Ostras, ao Living Lab, de apresentação dos avanços no setor de gastronomia no IFSC Coqueiros, walking tour pelo Centro Histórico da Capital e de painel e apresentação das oito cidades.

“Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a conquistar o título de cidade criativa Unesco e isso nos coloca em posição de liderança, com um papel importante para a rede brasileira formada pelos municípios que mais tarde conquistariam essa chancela. Nesse encontro vamos trabalhar uma série de dinâmicas para estabelecer os rumos do programa como um todo”, explica o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

O Evento é coordenado pela Associação FloripAmanhã e pela Prefeitura Municipal de Florianópolis e conta com a parceria da Fecomércio, Sesc e Senac e apoio do Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis/SHRBS, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes/ABRASEL-SC, do Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC, da Universidade Estácio de Sá, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da CEART/UDESC, da UNISUL, do SEBRAE de Santa Catarina, do Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau e da CDL de Florianópolis, ACATE e API de Turismo e Economia Criativa de Florianópolis

Programação

Dia 26/03 – terça-feira
19hs – Boas Vindas

Dia 27 – quarta-feira
8h30 – Solenidade de Abertura

9h10 – Painel Políticas Públicas voltadas a Economia Criativa

9h45 até 12h00 – Apresentação dos Plano de Ação das Cidades Brasileiras que integram a Rede: Florianópolis, Belém e Paraty – Gastronomia, Brasília e Curitiba – Design, João Pessoa – Artesanato, Salvador – Música e Santos – Cinema

14h00 às 18h30min – Reunião de trabalho fechada objetivando construção de plano de ação transversal e colaborativo.

Dia 28 – quinta-feira

9h00 às 19h00 – Reunião de Trabalho fechada e visitas técnicas à Fazenda de Ostras, à ACATE/Living Lab e apresentação dos avanços no setor de gastronomia no IFSC Coqueiros.

Rede de Cidades Criativas da UNESCO

De acordo com a UNESCO as cidades da rede trabalham em busca de dois objetivos comuns: colocar as indústrias criativas e culturais no centro dos planos de desenvolvimento locais e cooperar ativamente por meio de parcerias entre cidades em nível internacional. São sete categorias: artesanato e artes folclóricas, design, cinema, gastronomia, literatura, artes midiáticas e música. Os municípios só podem se candidatar a uma única categoria da Rede de Cidades criativas.
Atualmente a rede conta com 180 cidades em 72 países. No Brasil são oito cidades em cinco categorias: Curitiba (PR) e Brasília (DF), no design; Paraty (RJ), Belém (PA) e Florianópolis (SC), na gastronomia; João Pessoa (PB), no artesanato & artes folclóricas; Salvador (BA), na música; e Santos (SP), no cinema.

Com informações da UNESCO.

Matéria atualizada em 18 de março de 2019

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *