Clipping

Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia




Parece incrível, mas mesmo tendo sido a primeira cidade do Brasil a obter esse título, em 2014, às custas de muito trabalho e da mobilização de uma série de entidades, Florianópolis tem uma verdadeira grife ainda subutilizada. O alerta é de Anita Pires, presidente da Associação FloripAmanhã, parceira do movimento Floripa Sustentável. Anita lembra que foram seis anos batalhando pela chancela e que, agora em 2018, haverá uma reavaliação pela UNESCO. Houve avanços, mas ainda há muitos desafios para que a cidade se mantenha nesse grupo exclusivo formado por apenas 18 cidades no mundo.

Anita diz que é preciso que a sociedade escolha Florianópolis como uma causa maior, acima de diferenças e interesses, para trilhar o caminho do desenvolvimento sustentável e da construção de uma cidade criativa e inteligente. Pensar no futuro, sim, mas cuidando do passado precioso que nos deixou uma cultura tão rica, presente de maneira forte na gastronomia. “Somos uma cidade turística, um dos destinos preferidos do Brasil e que encanta cada vez mais os visitantes estrangeiros. Temos que nos apropriar de nossos diferenciais culturais. De todos eles, com orgulho. E fazer com que essa valorização se reflita em mais emprego, renda qualidade de vida, que é o que toda cidade precisa”, afirma ela.

A presidente da FloripAmanhã lembra ainda que é fundamental qualificar os estabelecimentos em termos de atendimento e, em paralelo, ter a garantia de uma legislação que viabilize a atividade de toda a cadeia, dos pescadores aos restaurantes e fornecedores em geral. Anita revela-se bastante otimista com o movimento Floripa Sustentável porque “é uma prova de que a cidade começa a entender que pode muito mais, no momento em que trocar o embate ideológico pelo exercício do diálogo”.

(Floripa Sustentável, 26/10/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.