Por Assessoria de Comunicação FloripAmanhã

Julgamento sobre demolição de beach clubs ocorre nesta terça no TRF4




Está marcado para esta terça-feira, na 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em Porto Alegre, o julgamento do recurso contra a demolição dos beach clubs de Jurerê Internacional. A demolição, determinada pelo tribunal, vem sendo contestada por diversas organizações de Florianópolis.

Na semana passada, entidades que compõem o FORTUR, da qual a Associação FloripAmanhã faz parte, estiveram na capital gaúcha para demonstrar os prejuízos que a decisão pode trazer para o turismo e a sociedade florianopolitana.

De acordo com a integrante do conselho da FloripAmanhã, Zena Becker, o FORTUR se posiciona contrário às decisões que acarretam em demolições em diversas praias da Ilha de Santa Catarina, como Lagoa, Barra da Lagoa e Jurerê Internacional. O grupo argumentou que possíveis demolições podem causar prejuízos não só ao turismo como à economia local. “Cada centavo gasto nesses beachs clubs é revertido em impostos ao município. Isso significa mais crianças na creche”, afirma. “Essa reunião tem como objetivo demonstrar aos desembargadores que a medida causa prejuízos não só ao turista, mas também aos moradores e economia local”.

Becker destacou que o FORTUR tem se demonstrado “indignado” com tais decisões e citou também a questão da ponte da Barra da Lagoa. “São ações em diversas praias, envolvendo empreendimentos turísticos e estruturas e que causam uma série de prejuízos à nossa comunidade”, destaca.

Em novembro passado, o TRF4 decidiu manter a liminar que suspendeu a demolição. Entretanto, em agosto passado o mesmo tribunal cassou o efeito suspensivo que impedia que os beachs clubs fossem demolidos. O caso já está pronto para ser julgado.

Neste final de semana, em artigo publicado no Diário Catarinense, a diretora da Habitasul, Andréa Pereira Druck, comentou o julgamento marcado pera essa terça. O artigo na íntegra pode ser acessado aqui.

FORTUR

O Fórum de Turismo de Florianópolis é composto pelas seguintes associações de Florianópolis:
ABAV – SC
ABEOC BRASIL – SC
ABIH – SC
ABRASEL
ACATMAR
ACIF
Associação FloripAmanhã
Federação dos Conventions
FHORESC
Sebrae
SINTRATUR
AEMFLO
CDL São José
Floripa Convention & Visitors Bureau
Resorts Brasil
Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares e Restaurantes
Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares

 



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Um comentário para Julgamento sobre demolição de beach clubs ocorre nesta terça no TRF4

  1. Qualquer obra feita em faixa de areia, em área de ressacas e marinha, que utilizou espaço que era público deve ser demolida e os “proprietários” pagar indenização à Marinha e à Prefeitura pelo período utilizado. São às vezes empresários que se interessam pelo lucro disfarçados de “geradores de emprego” mobilizando a opinião pública através de instituições e imprensa com a desculpa de que vão criar desemprego com a demolição. Também gera desemprego acabar com fazendas escravocratas, não? Turismo se faz com organização, respeito à Natureza e legislação.Esta é minha opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.