Maricultores registram até 70% de perda de ostras em Florianópolis
19/03/2019
Prefeitura lança pacote de obras no valor de R$ 135 milhões
19/03/2019

Udesc promove seminário sobre inclusão e acessibilidade de família em museus

Com o objetivo de debater a relação entre família, museu e acessibilidade, o Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) promove no dia 26 de março o Seminário Família no Museu. O evento é gratuito e aberto à comunidade, com inscrições pelo formulário online.

O Seminário ocorre das 9h às 11h30 e das 13h30 às 15h30 no auditório Cristina Pessi, no Bloco Amarelo da Udesc Ceart.

Programação

Mesa redonda | 9h às 11h30
“A família vai ao museu? As condições de participação da família nos espaços culturais”. Com Izabela Pucu (coordenadora de Educação do Museu de Arte do Rio – MAR); e Letícia Kuerten (Instituto Guga Kuerten).

Roda de Conversa | 13h30 às 15h30
Debates sobre família, museu, inclusão, acessibilidade, entre outros temas relevantes.

Encerramento
“Família no museu: caminhos possíveis”. Com professoras Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva
e Priscila Anversa (Artes Visuais/Udesc).
Sobre as convidadas

Izabela Pucu – Museu de Arte do Rio (MAR)
Artista, curadora, pesquisadora e gestora cultural. Coordenadora de Educação do museu de Arte do Rio (MAR). É doutora em História e Crítica de Arte pela UFRJ. Foi diretora e curadora do Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (2014-2016). Atuou como coordenadora de projetos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (2008- 2011). Pesquisadora e colaboradora do livro “Mario Pedrosa: Primary Texts” (orgs. Glória Ferreira e Paulo Herkenhoff, MoMa/NY, 2016); organizou também os livros “Roberto Pontual obra crítica” (Prefeitura do Rio/Azougue, 2013) e “Imediações: a crítica de Wilson Coutinho” (Funarte/ Petrobrás, 2008).

Letícia Burigo Tomelin Kuerten – Instituto Guga Kuerten
Letícia Kuerten é formada em Engenharia de Produção pela UFSC. Inspirou-se no método de Educação Condutiva para escrever o livro “Vou brincar” (Editora Pandorga), que visa estimular crianças de 6 a 12 anos a brincar de maneira inteligente e criativa. Ao priorizar uma investigação pela melhor maneira de atender às especificidades educacionais dos filhos, passou a dedicar-se a projetos de educação inclusiva e montou uma escola de educação para crianças com paralisia cerebral.

Projeto Família no Museu

O projeto Família no Museu promove desde 2011 ações educativas voltadas às famílias que possuem filhos com deficiência, visando a inclusão e acessibilidade através da arte. O evento e o projeto são realizados pelo programa de extensão do Laboratório Interdisciplinar de Formação de educadores (Life), da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Serviço:

O QUE: Seminário Família no Museu.
QUANDO: 26 de março, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 15h30.
ONDE: Auditório profa. Dra. Cristina Pessi, no Bloco Amarelo da Udesc Ceart. Av. Madre Benvenuta, 1907, Itacorubi, Florianópolis/SC.
QUANTO: Gratuito e aberto ao público.
INSCRIÇÕES: Pelo formulário online.

(Udesc, 18/03/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *