Startup Summit: iniciativa catarinense vira palco nacional para ecossistema de inovação e empreendedorismo
29/06/2018
Novos setores econômicos da Ilha
29/06/2018

Florianópolis é a 1ª colocada em desenvolvimento entre as capitais, revela Firjan

Florianópolis ficou com a primeira colocação entre as capitais brasileiras no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), divulgado nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Em Santa Catarina, 54 cidades ocupam uma posição entre os 500 maiores IFDMs do país, dos quais 7 estão entre os 100 melhores, superado apenas pelos estados do Rio Grande do Sul e São Paulo.

O estudo acompanha o desenvolvimento socioeconômico dos mais de 5 mil municípios brasileiros com base na educação, saúde e emprego e renda em 2016.

Dos mais de 2,9 mil municípios do Brasil analisados, 243 tiveram desenvolvimento moderado e 45 alto desenvolvimento. Apenas três cidades foram classificadas com desenvolvimento regular e nenhuma foi classificada com baixo desenvolvimento em 2016.

Os dez municípios mais desenvolvidos têm desenvolvimento semelhantes, sobretudo em saúde e educação. Por sua vez, têm desenvolvimento moderado no IFDM Emprego&Renda.

Nesse grupo, todos os dez municípios ficaram do grupo do Top500 do país, sendo que sete estão no Top100.

Santa Catarina

O maior avanço foi do município de São Lourenço do Oeste, impulsionado pelo desempenho em Emprego&Renda. Cinco municípios catarinenses – Rio do Sul, Balneário Camboriú, São Lourenço do Oeste, Tubarão e Blumenau – apresentaram evolução nas três áreas analisadas.

Entre as 10 cidades com menor IFDM do estado, as baixas pontuações no IFDM Emprego&Renda as colocaram nesta posição.

Em relação a 2015, o município de São José do Cerrito apresentou o maior avanço do estado, devido ao avanço do quesito Emprego&Renda. Já o município de Calmon perdeu o grau de desenvolvimento moderado e ficou com a última posição no estado, impulsionado pela vertente Emprego&Renda que caiu 20,9%.

(G1SC, 28/06/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *