Velha Senhora continua firme como o cartão-postal de SC
19/04/2018
A Sociedade na Gestão Pública
19/04/2018

Os entraves que atrasam as obras do contorno viário da Grande Florianópolis

Da Coluna de Fabio Gadotti (ND, 18/04/2018)

A Câmara de Transporte e Logística da Fiesc recebeu, ontem, informações atualizadas sobre o contorno viário da Grande Florianópolis. Segundo Marcelo Módolo, engenheiro da Arteris, as desapropriações de 175 propriedades, a licença ambiental de 3,6 quilômetros e a aprovação do projeto orçamentário, revisado por causa da mudança de traçado, são os três fatores que atrasam a conclusão da obra. Ele estima ser a segunda maior obra do Brasil em andamento, atrás apenas do Rodoanel de São Paulo.

Módolo informou que 35 dos 50 quilômetros que totalizam o trabalho já foram iniciados e devem ser concluídos até o final de 2019. Ele prevê para o final de 2020 a conclusão dos 15 km restantes. O presidente da Câmara da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, alertou que a obra não solucionará o problema de tráfego na região pois quando estiver pronta a demanda já será maior.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *