Clipping

Líderes mundiais da água vão se reunir no mês de junho em Florianópolis




A 14ª IWA Leading Edge Conference on Water and Wastewater Technologies (LET2017), organizada pela Associação Internacional da Água (IWA), será realizada em Florianópolis, de 29 de maio a 01 de junho de 2017.

O LET2017 atrai mais de 500 especialistas internacionais da indústria da água nos campos da ciência da água e pesquisa; Tecnologias inovadoras de água e esgotos; Engenharia e água. Os representantes vêm dos setores científico, acadêmico, de engenharia, industrial, econômico e governamental.

As águas residuais, atualmente lançadas nos rios e lagos não tratados, podem ser uma das maiores oportunidades inexploradas para o desenvolvimento econômico e sustentável. As águas residuais podem se tornar uma fonte de água, bem como de materiais valiosos como energia, nutrientes, metais, plásticos, nitrogênio e fósforo.

A conferência LET é realizada em um país diferente a cada ano. Após sucesso inédito em Cingapura (2007 e 2009), Zurique (2008), Phoenix (2010), Amsterdão (2011), Brisbane (2012), Bordéus (2013), Abu Dhabi (2014), Hong Kong (2015) e Jerez (2016). A IWA realizará em Florianópolis, em 2017, a 14ª Conferência Líder em Tecnologias de Águas e Águas Residuais, que complementa as abordagens de gestão de águas urbanas entre megacidades, cidades menores e ambientes rurais, impulsionadas pela diversidade de condições climáticas, o ambiente natural e humano.

A Associação Internacional de Água (IWA) é uma rede global de profissionais da água, abrangendo o contínuo entre pesquisa e prática e cobrindo todas as facetas do ciclo da água. Através dos membros da IWA, colaboramos para promover o desenvolvimento ea implementação de abordagens inovadoras e eficazes para a gestão da água.

A qualidade da água e a escassez são dois desafios enfrentados no Brasil. O LET2017 apresenta ciência e tecnologia inovadoras, antecipando soluções para os desafios globais de água e meio ambiente.

Os principais assuntos discutidos no LET2017 serão:

• Gestão eficiente dos recursos hídricos;

• Controle de contaminantes emergentes em água e esgoto;

• Infra-estrutura verde-azul para melhorar a gestão da água urbana;

• Tecnologias descentralizadas inovadoras para mega-cidades para assegurar o acesso universal aos serviços de água e esgoto;

• Políticas e regulamentos que tornem a recuperação de recursos de águas residuais socialmente aceitável e economicamente viável;

• Tecnologias para o controle de poluentes químicos, incluindo produtos farmacêuticos, produtos de higiene pessoal, microrganismos patogênicos e bactérias resistentes a antibióticos.

O LET 2017, em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, abrangerá 8 temas de programa: Recuperação de recursos; Tecnologias para controle de micropoluentes e patógenos de interesse emergente; Tecnologias anaeróbias avançadas; Materiais avançados de tratamento e membranas multifuncionais; Aplicar ferramentas avançadas de microbiologia / genética; Inovadores biofilmes e processos granulares, verde-azul-infra-estrutura para melhorar a gestão da água urbana.

(Portal da Ilha, 26/04/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.