Enfim, melhorias na passarela da Ponte Pedro Ivo Campos
10/11/2011
Justiça suspende embargo de obra em São José
11/11/2011

Sapiens Parque recebe visita do ministro de Ciência e Tecnologia

Aloizio Mercadante vem a Florianópolis nesta sexta (11) conhecer as iniciativas e projetos do polo de inovação

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vem a Florianópolis nesta sexta-feira (11/11), às 11h, conhecer os projetos e empreendimentos em instalação no Sapiens Parque, polo de inovação no norte da Ilha, que conta com dois prédios-âncora com recursos federais: o Instituto de Petróleo, Energia e Gás (INPETRO), maior investimento da Petrobras em Santa Catarina, e o Centro de Referência em Farmacologia Clínica, iniciativa do Ministério da Saúde e Anvisa – ambos em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O Sapiens é considerado um empreendimento estratégico para o desenvolvimento do programa Inova SC, concebido pelo governo do Estado e executado pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável.

Na ocasião, será apresentado ao ministro o projeto do sistema viário da ‘fase zero’ do Sapiens Parque, que inclui a pavimentação de ruas e infraestrutura de água, esgoto e telecomunicações. “É um passo fundamental para o desenvolvimento de projetos como o Centro Tecnológico da Softplan e os lotes para os centros empresariais”, destaca Saulo Vieira, presidente do Sapiens Parque. O ministro também deve conhecer, à tarde, os projetos desenvolvidos na Fundação CERTI em parceria com a UFSC.

(Palavracom, 10/11/2011)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *