Deinfra tem 30 dias para iniciar adequação das pontes às normas de segurança
06/05/2008
Ampliação dos Pontos de Cultura em SC ainda está no papel
06/05/2008

Prefeitura promove Cultura de Paz na rede de ensino

A Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Florianópolis lançou hoje de manhã (5/5), na Assembléia Legislativa, o projeto “Educação para a Cultura de Paz”. De acordo com a idealizadora do programa, professora Sueli Amália de Andrade, o objetivo é implantar a Cultura de Paz na Rede Municipal de Ensino de Florianópolis, fazendo com que professores, educandos, pais e comunidade compartilhem e vivenciem esta harmonia: a paz.
Foi na carona da Organização das Nações Unidas (ONU), que declarou o período de 2001 a 2010 como a “Década Internacional da Cultura de Paz e Não-Violência para as Crianças do Mundo”, que a professora Sueli desenvolveu o projeto cultural de paz na rede de ensino. Na opinião de Sueli, para introduzir a cultura de paz entre as pessoas, a educação representa um instrumento valioso.
“São com os alunos que podemos formar gerações de pacifistas capazes de, em suas discussões e negociações, promoverem o diálogo, a argumentação e a cooperação”. Ela ressaltou que a proposta não é vir a se constituir em mais um projeto individual, mas sim, inserir-se em todos os programas já existentes na Rede Municipal de Educação, injetando neles os princípios, valores e atitudes de uma Cultura de Paz. “É necessário vivenciarmos de fato, mostrando que é possível respeitar distintas opiniões e idéias não-semelhantes, compartilhar sonhos e buscar objetivos e metas comuns”, explicou.
Desde ontem, os seminários estão acontecendo na coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoal, extensão da Secretaria Municipal de Educação, que funciona na rua Ferreira Lima, 82, Centro. Ainda de acordo com Sueli, os seminários se sustentam nos seguintes pilares: apreender a conhecer; aprender a fazer; aprender a viver junto; aprender a ser; respeitar a vida, rejeitar a violência; ser generoso; ouvir para compreender; preservar o planeta e redescobrir a solidariedade.
Professores da rede de ensino que participam do evento vão se transformar em agentes multiplicadores, pois repassarão estes conceitos para o público alvo: crianças de creche e núcleos de educação infantil; alunos e professores da rede municipal de ensino; crianças; adolescentes e professores das Instituições Educativas Conveniadas; conselhos escolares ou Associação de Pais e Professores (APP) e profissionais da Secretaria Municipal de Educação.
(Prefeitura Municipal de Florianópolis, 05/05/08)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *