Floripa-São José
06/09/2006
Capital vai ganhar 5 mil garapuvus
06/09/2006

O enquadramento do Parque Florestal do Rio Vermelho, na Ilha, na categoria de Parque Estadual, de acordo com a legislação, foi debatido, ontem, em audiência pública na Assembléia Legislativa, na Capital.

Estiveram presentes representantes das entidades envolvidas com a questão, como a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Ministério Público, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), SC Parcerias e ONGs ligadas ao meio ambiente.

Foram apresentados os resultados de reunião de 31 de agosto, quando foi decidido que será estabelecido cronograma para readequar o parque ao que determina o Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Todas as etapas deverão estar concluídas até 30 de novembro, prazo para o governador assinar o decreto.

Após o decreto, a administração do parque, que hoje é da SC Parcerias, deve ser da Fatma. De acordo com o promotor de Justiça Alexandre Herculano se o cronograma não for cumprido, o Ministério Público irá entrar com ação contra o Estado.

Também foi discutida a transferência, em abril, da propriedade para a SC Parcerias, empresa pública criada para estruturar projetos no Estado. O decreto da transferência é objeto de investigação.
(DC, 06/09/2006)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *