Sem investimento, BR-101 em Itajaí e Florianópolis vai parar em 3 anos
23/08/2018
Florianópolis terá sua primeira volta à Ilha de remo
24/08/2018

Nova fase de programa Se Liga na Rede envolve universo de 100 mil pessoas em Florianópolis

Da Coluna de Fabio Gadotti (ND, 24/08/2018)

Levando em conta que 63% da população de Florianópolis tem rede de esgoto disponível e que cerca de 45% estão em situação irregular, o novo modelo do “Se Liga na Rede”, lançado ontem, tem público potencial próximo a 100 mil moradores. O programa tem dois alicerces principais: a sensibilização dos moradores sobre a importância das ligações e o lançamento do cartão de crédito que vai permitir o parcelamento dos gastos com compra de material e contratação de mão-de-obra.

As ações estratégicas regionalizadas, segundo o superintendente municipal de Habitação e Saneamento, Lucas Arruda, vão começar pelo Bom Abrigo, no Continente. “O programa vai atuar onde a cidade tem rede de esgoto em operação”, afirma Lucas, que prevê imersão de um mês em cada região mapeada.

De acordo com o gerente regional da CEF em SC, Eduardo Rockenback, o cartão de crédito, pioneiro no país, tem R$ 5 mil como teto de referência para financiamento, mas o valor pode ser maior conforme as especificidades da obra e perfil do morador. Após a emissão, o prazo de utilização é de seis meses, com pagamento em débito em conta. Rockenback informou que está em análise a possibilidade de cobrança via fatura da Casan, como divulgado inicialmente.

Um dos principais destinos turísticos do país, a Capital aparece na constrangedora 58ª posição em ranking do Instituto Trata Brasil, divulgado em abril, que avaliou o panorama da água potável e tratamento de esgoto nas 100 maiores cidades do país.

SAIBA COMO VAI FUNCIONAR O CARTÃO DE CRÉDITO SE LIGA NA REDE

A partir de 3 de setembro o cartão vai financiar obras de esgoto, com financiamento em até 60 parcelas. O valor referência é R$ 5 mil, mas pode ser maior, conforme as especificidades da obra e do perfil do morador.

O valor pode ser usado para pagar o custo do profissional contratado (encanador, instalador hidráulico etc) e comprar materiais para a obra de esgoto que regularize a situação do imóvel.

Os profissionais vão receber um treinamento da prefeitura e da Casan. Serão credenciados e seus nomes publicados no site da companhia.

Interessados devem procurar a agência da Casan, na rua Saldanha Marinho, centro de Florianópolis, com cópia da documentação necessária:

1) Carteira de identidade e número de CPF
2) Última fatura da Casan
3) Comprovante de renda

A Casan vai encaminhar a documentação para a Caixa, que vai fazer análise e chamar o cliente para assinatura do contrato. No ato da assinatura, o cliente recebe o cartão já apto para utilização.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *