Deinfra assina aditivo de R$ 37 milhões para restauração da Hercílio Luz, em Florianópolis
15/06/2018
Missão do Iphan prepara candidatura de fortalezas da Ilha de SC a patrimônio da Unesco
15/06/2018

Repercussão negativa tornou insustentável manutenção de projeto da Câmara de Florianópolis

Da Coluna de Fabio Gadotti (NSC, 15/06/2018)

A forte reação do setor empresarial, de forma pública e contundente, e do meio político, reservada, tornou insustentável a manutenção do projeto de resolução que previa o aumento de 15% da verba para gastos com assessores nos gabinetes dos 23 vereadores. Desde o protocolo até a decisão de retirada, tomada pelo presidente Guilherme Pereira (MDB) no início da madrugada de quinta-feira (14), foram 48 horas. Antes da iniciativa vir a público, na terça-feira, a mesa diretora contava com a manutenção do aval inicial prestado pelas bancadas e com uma tramitação legislativa rápida e, principalmente, discreta. Com a repercussão negativa, no entanto, os apoios começaram a minguar. O momento é de austeridade na gestão dos recursos públicos, e não de aumento de gastos. A principal leitura é de que faltou sensibilidade política e de sintonia com a população de Florianópolis. E sobrou descolamento da vida real, mergulhada na crise. Desgaste desnecessário ao Legislativo.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *