Pescadores questionam o novo prazo de entrega do trapiche do João Paulo, em Florianópolis
20/06/2018
Floripa sustentável
20/06/2018

Integração do transporte público da Grande Florianópolis aguarda governador

Da Coluna de Anderson Silva (NSC, 20/06/2018)

O projeto da Rede Integrada do Transporte Coletivo Metropolitano para a Grande Florianópolis está pronto na Secretaria de Planejamento do Estado. Depende apenas do governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) encaminhá-lo para a Assembleia Legislativa. A proposta tem o apoio das oito cidades que integram o modelo: Águas Mornas, Antônio Carlos, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Palhoça, São José, São Pedro de Alcântara e Santo Amaro da Imperatriz.

Sem a Capital

Na maioria das vezes, os passageiros precisam fazer baldeação na Capital, mesmo saindo de um município da região metropolitana (Palhoça, por exemplo) com destino a uma cidade vizinha (São José). A ideia é evitar esse deslocamento e ainda criar uma rede onde os passageiros terão um cartão único para circular. Depois da aprovação na Alesc, o Estado fará uma concorrência pública para contratação da empresa responsável pelo modelo. Antes disso, Pinho Moreira precisa agilizar o envio para a Assembleia. A Secretaria de Planejamento e a Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf), autora da proposta, já deram o aval técnico.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *