Balneabilidade de SC tem o pior resultado semanal das últimas cinco temporadas
23/01/2018
Devido à chuva, ponte se rompe em bairro de Florianópolis e acesso é reduzido
23/01/2018

Coleta de resíduos na Capital sobe 9,28% em janeiro

Desde o Natal, a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, mantém coleta diária de resíduos sólidos nos principais balneários da Ilha de Santa Catarina. Neste mês de janeiro, a geração de resíduos sólidos na capital aumentou 9,28% em relação ao ano passado. Nos primeiros 17 dias do mês, a Comcap coletou 13.940 toneladas de resíduos, incluindo materiais recicláveis e volumosos.

O pico da produção nesta temporada foi em 2 de janeiro. Nesse dia, a Comcap bateu recorde histórico de coleta com o recolhimento de 1 milhão 325 mil quilos de resíduos. Só nesse dia, a frota coletora percorreu 12,3 mil quilômetros, como atravessar Santa Catarina 17 vezes, da Ilha a Dionísio Cerqueira.

Operação Verão 2018

Para assegurar a qualidade da Operação Verão 2018, a prefeitura investiu cerca de R$ 6 milhões na compra de 15 caminhões compactadores novos e na contratação temporária de 117 pessoas para a limpeza de orla e a coleta nas praias.

Durante a temporada, a coleta convencional se torna diária, inclusive aos domingos nos balneários com maior fluxo de visitantes.

A coleta seletiva de materiais recicláveis segue nos dias usuais nos balneários.

Média de geração de resíduos sólidos em Florianópolis:

680 toneladas/dia

17.750 toneladas/mês

Janeiro 2018 (até dia 17)

13.940 toneladas

Janeiro 2017 (até dia 17)

12.755 toneladas

+ 9,28%

(Adjori, 22/01/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *