Clipping

Quatro eventos debatem Lixo Zero e sustentabilidade




Da Coluna de Estela Benetti (DC, 18/10/2017)

Cada vez mais relevante, o tema sustentabilidade integra a agenda de públicos influentes nos próximos dias, com quatro eventos na Grande Florianópolis que terão palestrantes brasileiros e estrangeiros. Com empresas que se tornaram referência mundial na prática do lixo zero como os supermercados Angeloni e Hippo, a Associação Catarinense de Supermercados (Acats) realiza segunda-feira, na sede da Fecomércio SC, o VII Fórum Internacional Lixo Zero.

Nesta sexta começa na Pedra Branca, em Palhoça, o Encontro Internacional da Juventude Lixo Zero e vai até domingo, com a participação de 400 pessoas e palestras internacionais. A Universidade do Estado de SC (Udesc) inicia segunda e encerra sexta a sua Semana Lixo Zero, que envolverá os 12 centros de ensino da instituição no Estado. E na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) acontece segunda-feira o 2º Planeta.Doc, conferência a partir das 14h com o tema Bens comuns, lixo zero e cidades humanas.

Houve sintonia em convites de personalidades sobre o assunto, como é o caso da jovem Tia Kansara, do Reino Unido, que ganhou projeção internacional falando sobre cidades sustentáveis na ONU e como consultora de governos. Ela fará palestra nos quatro eventos catarinenses nesta que será sua primeira visita ao Brasil. Outros palestrantes também falarão em mais de um desses eventos, difundindo informações para diferentes públicos sobre as vantagens da sustentabilidade.

Iniciado há sete anos, o programa Lixo Zero da Acats é considerado pioneiro no mundo por iniciativa de uma entidade empresarial setorial. Hoje, 40 lojas do Estado participam e desenvolvem atividades com base nas orientações do Programa Supermercado Lixo Zero Acats. Segundo a entidade, a região mais avançada nesse programa é a Grande Florianópolis, onde são geradas cerca de 17,5 mil toneladas/mês de resíduos. As redes Angeloni e Hippo se destacam internacionalmente porque investiram alto no lixo zero e hoje encaminham 97% dos resíduos a uma destinação correta, o que é considerada a melhor média mundial. Os ganhos não se limitam às empresas, mas beneficiam toda a população. Essas atividades nas lojas geraram mais de 200 empregos diretos, segundo balanço social recente da Acats.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.