Clipping

Servidores da Fatma começam o treinamento para uso de drones




A semana começou diferente para 13 servidores da Fundação do Meio Ambiente (Fatma). O grupo será o primeiro a receber treinamento para operar os Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), conhecidos popularmente por drones. Os equipamentos vão agilizar o trabalho dos técnicos do licenciamento, fortalecer a fiscalização contra crimes ambientais e também identificar e monitorar áreas de incêndio nas unidades de conservação.

O encontro, primeiro de seis reuniões, abordou as normas para o uso dos drones, as aplicações dos equipamentos nas atividades de controle social, as tecnologias de precisão que estão em implantação na Fatma, além de regularização nacional e segurança operacional do voo. “Há ideia de usar drones nas atividades da Fatma foi sugerida há algum tempo pelo servidor da Gerência de Licenciamento Urbano, David Vieira da Rosa. Quando começamos a trabalhar no projeto, vimos que não é apenas comprar o drone e utilizar. Não é um brinquedo. Há normas e legislação a serem cumpridas, por isso é importante o treinamento e a centralização no grupo de trabalho”, explicou o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates.

Em fevereiro deste ano, a Fundação recebeu a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para usar os VANTs. Os equipamentos da da Fatma, segundo o documento, deverão voar no máximo em uma altura de 120 metros e podem pesar até 25 quilos. Todos os usuários têm que ter mais de 18 anos e atender os requisitos exigidos pela Agência. Com o documento, foi possível comprar os primeiros cinco equipamentos de alta tecnologia. Os veículos aéreos possuem sensor termal e infravermelho que ajudaram na identificação de focos de incêndio, fiscalização de caça ilegal e também no licenciamento. Os equipamentos têm autonomia de 28 minutos. “Foram investidos R$ 150 mil no projeto e, na segunda etapa, que envolve as Coordenadorias, será investido mais R$ 150mil. Todas as nossas regionais receberão treinamento e um drone”, afirma o diretor Administrativo e Financeiro, André Adriano Dick.

Câmara Técnica

Todo o treinamento é dado pelos membros da Câmara Técnica da Auditoria Ambiental de Precisão e Desenvolvimento e Aplicações do VANT, liderada pelo assessor de Auditoria Interna, Mário Vicente, e formada pelos servidores Carlos Cassini, Diego Hemkmeier, Davi Vieira da Rosa, André Adriano Dick e Adrio Peixoto Centeno. O treinamento também contou com o apoio do capitão Átila Medeiros Sarte, do Corpo de Bombeiros.

Servidores em formação:

Carlos Eduardo Vilas Boas Duarte Siqueira

Fernando Bombardelli

Leticia Gazola

Marcel de Andrea

Marcos Eugênio Maes

Bruno Henrique Pesserl

Renato Totti Maia

André Luiz Fernandes

Eliza Duarte Sell

Anderson Biancini da Silva

Taiana Vieira Grando Surkamp

Victor Bittencourt

Alessandro Antonino Ostetto

(Fatma, 07/08/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.