Clipping

Projeto de criação do Parque Municipal da Lagoinha do Leste é tema de audiência pública




A Comissão de Viação, Obras Públicas e Urbanismo realizou hoje (26/5) uma audiência pública para discutir o Projeto de Lei n. 16.586/2016, que propõe a criação do Parque Natural Municipal da Lagoinha do Leste. O chefe do departamento de implantação e manejo de unidades de conservação da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FLORAM), Mauro Manoel da Costa, apresentou a proposta do novo parque aos presentes.

Mauro explicou que o Parque Municipal da Lagoinha do Leste foi criado em 1992. Porém, com a criação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC), em 2000, as áreas de conservação já existentes precisaram ser revisadas. Para isso foi criada uma comissão com profissionais da FLORAM e do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF). Essa comissão determinou novos limites para a área de conservação da Lagoinha do Leste em conjunto com a comunidade e o prefeito encaminhou o projeto à Câmara.

Depois da apresentação, o presidente da Associação de Moradores e Amigos da Praia do Matadeiro (AMAPRAM), Ezinar Tadeu Pereira Rodrigues, fez um pedido aos vereadores para que aprovem o mais breve possível o projeto pela importância da proteção da área.

Ao final da audiência, o presidente da Comissão de Viação e Obras, vereador Fábio Braga (PTB) informou que o projeto será encaminhado ao Departamento de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo da Casa para análise.

Além dos representantes de organizações de defesa do meio ambiente, associações de moradores e da prefeitura, estavam presentes na audiência pública os vereadores Fábio Braga (PTB) e Lino Peres (PT), membros da Comissão de Viação e Obras, Maikon Costa (PSDB) e Renato da Farmácia (PSOL).

(Câmara Municipal de Florianópolis, 26/05/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.