Marinha
02/02/2017
Deinfra entrega estudo de tráfego para interdição de faixa da avenida Beira-Mar Norte
03/02/2017

Prefeitura e PM realizam demolição de 35 casas em APP no Norte da Ilha

Operação da Prefeitura de Florianópolis com auxílio e suporte logístico da Polícia Militar (PM) para derrubada de 35 construções irregulares na Vila do Arvoredo, conhecida como favela do Siri, no Norte da Ilha, mobilizou pelo menos 100 pessoas na manhã desta quinta-feira (02). Segundo informações da PM, as casas, construídas em APP (Área de Proteção Permanente), pertencem a traficantes que atuam na região e estavam desocupadas após ação policial dos últimos dias.

O fiscal da Floram designado, Walter Hachow, liderou a intervenção na comunidade que contou ainda com equipes da Sesp, Comcap e SMDU (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). “Esta ação coordenada tem por objetivo evitar que estas residências voltem a ser ocupadas de forma irregular, o que complicaria o nosso trabalho”, explica.

Segundo o secretário Nelson Gomes Mattos Jr. (SMDU), essas operações irão ocorrer sistematicamente na atual gestão. “Precisamos respeitar a legislação, retirando essas construções e atendendo a população que vive muitas vezes em condições muito precárias”, explica.

As demolições também favorecem o trabalho de estratégia das forças de segurança pública. “Aproveitamos esse vácuo que os traficantes em disputa deixam na comunidade, para demolir as casas vazias, intensificar o controle ambiental e reforçar nosso controle nessas áreas”, detalha o  PM Tenente Fabrício Meurer.

(Prefeitura de Florianópolis, 02/02/2017)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *