Estaqueamento do trapiche do João Paulo, em Florianópolis, está quase pela metade
01/02/2018
CDL assina termo de adoção para revitalizar trecho da Rua Conselheiro Mafra
01/02/2018

ONU Meio Ambiente e Sebrae lançam prêmio para soluções ecoinovadoras em gestão de águas

De toda a água do planeta, apenas 2,5% correspondem à água doce e uma parte ainda menor é limpa, segura e potável. Ciente de que a escassez hídrica — em termos de quantidade e qualidade — é um dos maiores desafios globais, a ONU Meio Ambiente e o Sebrae estabeleceram parceria para unir a força da ecoinovação e do empreendedorismo e encontrar possíveis soluções para os desafios de gestão da água. Juntos, e com o apoio do Green Nation, lançam nesta semana um edital para selecionar as melhores ideias e startups para o ‘Camp de Ecoinovação: Desafio Água’, que será realizado em Brasília, de 19 a 21 de março, durante o 8º Fórum Mundial da Água.

Serão selecionadas as propostas com soluções mais criativas e sustentáveis para os problemas da água nas áreas de indústria, cidades e agricultura. Poderão participar do desafio as startups em estágio de operação ou tração e os empreendedores com ideias inovadoras que ainda não tenham sido comercialmente exploradas. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 18 de fevereiro pelo site http://sebrae.com.br/desafioagua. O processo seletivo vai eleger até dez ideias e até dez startups com projetos para o setor público e privado.

Na área de cidades, buscam-se alternativas à energia hidrelétrica, despoluição dos rios e mares e soluções em saneamento básico, entre outras. Já na indústria, que responde por 22% do consumo total da água no mundo, os desafios incluem a descontaminação da água, o consumo consciente e os processos de reúso. Por fim, na agricultura, que utiliza mais de 70% dos recursos hídricos globais, procuram-se alternativas à irrigação, às fontes de abastecimento, entre outras.

Durante o Camp de Ecoinovação, uma ideia e uma startup serão eleitas vencedoras, que serão premiadas com gadgets, mentorias exclusivas com especialistas e investidores e credenciais para participação em eventos de representatividade do segmento de startup. Todos os participantes do Camp se beneficiarão de mentorias gratuitas durante a competição, além da expansão da sua rede de contatos e da divulgação de seus projetos para um público especializado.

Para o Sebrae, é importante apresentar oportunidade para unir os pequenos negócios e ideias que gerem impacto social. “Devemos ter clareza também quanto à importância de investir em inovação de maneira sustentável, preservando o meio ambiente, e o ambiente digital favorece a sustentabilidade”, destaca a diretora técnica da instituição, Heloisa Menezes.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Vinicius Lages, explica que esse tipo de competição é fundamental para as micro e pequenas empresas. “Para os pequenos negócios, a transformação digital significa muito e aliar esta realidade a ideias inovadoras para o meio ambiente aumenta a capacidade dessas empresas no cenário econômico”, explica.

Regina Cavini, oficial sênior da ONU Meio Ambiente, destaca que o grande diferencial do Camp de Ecoinovação em relação aos demais eventos do setor é o viés da sustentabilidade, que deve ser incorporada em todas as operações do modelo de negócio: “Precisamos utilizar os recursos, como a água, de maneira mais eficiente e evitar ou reduzir os impactos negativos para o meio ambiente. Isso só é possível com ideias que pensem fora da caixa e ofereçam soluções realmente ecoinovadoras para produtos e processos, ao mesmo tempo que contribuem para o melhor desempenho das empresas e sua competitividade”.

O Camp será realizado no Espaço Green Nation, na Vila Cidadã, durante o Fórum Mundial da Água. Para o diretor do Green Nation, Marcos Didonet, a iniciativa tem papel fundamental na construção de um novo cenário de soluções com potencial de impactar milhares de pessoas, negócios e o planeta. “As ideias inovadoras que irão revolucionar a humanidade estão sendo pensadas, consolidadas e executadas por diversas pessoas de múltiplas experiências e conhecimentos. Realizar o Camp é potencializar essas possibilidades de transição, promovendo a colaboração, o compartilhamento e a cocriação”, afirma.

O Fórum Mundial da Água será sediado pela primeira vez no Hemisfério Sul, estimulando o diálogo e a mobilização de diversos atores em torno do desafio global da água. A expectativa é de que se reunirão em Brasília cerca de 40 mil representantes de 170 países.

Para mais informações, acesse o edital aqui.
Camp de Ecoinovação: Desafio Água
Quando: 19 a 21 de março de 2018
Onde: Espaço Green Nation, na Vila Cidadã, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (SRPN, Asa Norte, Brasília, DF)
Quanto: A inscrição é gratuita. Todos os custos relacionados ao deslocamento, hospedagem, alimentação e de qualquer outra natureza serão de responsabilidade dos participantes.

Cronograma:
Período de inscrição: 30/01 a 18/02/2018
Análise e seleção: 19 a 21/02/2018
Divulgação do resultado: 22/02/2018
Realização: 19 a 21/03/2018
Mais informações: http://sebrae.com.br/desafioagua

Sobre a ONU Meio Ambiente
A ONU Meio Ambiente é a principal voz global em temas ambientais. Ela promove liderança e encoraja parcerias para cuidar do meio ambiente, inspirando, informando e capacitando nações e pessoas a melhorarem a sua qualidade de vida sem comprometer a das futuras gerações. A ONU Meio Ambiente trabalha com governos, com o setor privado, com a sociedade civil e com outras instituições das Nações Unidas e organizações internacionais pelo mundo. www.unep.org/americalatinacaribe/br

Para imprensa, contatar: ONU Meio Ambiente, comunicacao@pnuma.org

(ONUBR, 31/01/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *