08/11/2010

Metrópole

Da coluna Ponto Final, por Carlos Damião (ND, 08/11/2010) Na opinião do cientista político Eduardo Guerini, “os estudos de impactos sócio-ambientais no caso da metropolização da […]
30/11/2009

Floripa 2030 em debate

Carlos De Rolt, secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável, e outros técnicos da prefeitura e de demais órgãos do governo marcaram presença na […]
20/03/2009

Regiões metropolitanas

O governo do Estado anuncia disposição de implantar 22 regiões metropolitanas, que incluirão, por óbvio, as maiores cidades catarinenses e municípios de seu entorno. Trata-se de […]
19/03/2009

Alaor Tissot assume COMDES

O empresário Alaor Tissot, ex-presidente e atual conselheiro da FloripAmanhã, é o novo coordenador do COMDES (Conselho Metropolitano de Desenvolvimento) de Florianópolis, cuja posse aconteceu em […]
19/11/2008

Artigo: O que esperar de Dário

Por Laudelino José Sardá - jornalista, professor e diretor de comunicação da FloripAmanhã O prefeito Dário Berger reiterou, ao se consagrar nas urnas, a sua determinação de executar as obras já programadas e outras decorrentes de promessas de campanha. Por mais que algumas dessas obras tenham importância no contexto urbano, não sinalizam para a salvação de Florianópolis, que em 2020 deverá estar concentrando cerca de 800 mil habitantes. Com o irmão Djalma Berger na prefeitura de São José e Ronério Heiderscheidt, do PMDB, no governo de Palhoça, Dário pode se tornar o prefeito da metrópole para viabilizar as soluções integradas que a região está exigindo, em níveis de transporte urbano, sistemas de saúde, traçados urbanos e preservação do meio ambiente, tudo isto direcionado à qualidade de vida ainda ameaçada. Leia a íntegra do artigo.