Hora e vez do turismo
16/04/2018
Oceanogafia da UFSC pesquisa, desde 2016, registros de terremotos no estado
17/04/2018

Rede de Monitoramento Cidadão inicia a coleta de indicadores de 2018

Rede de Monitoramento Cidadão

Como está a situação da cidade? Essa é a pergunta que a Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis – Rede Veracidade busca responder para a sociedade.

Na quinta-feira (12/04) foi realizada uma reunião da Rede de Monitoramento Cidadão na Prefeitura de Florianópolis com o secretário municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Juliano Pires.  O encontro teve como objetivo construir estratégias para a busca dos indicadores 2017 e a elaboração de plano de trabalho conjunto entre prefeitura e membros da Rede, cuja coordenação está a cargo da FloripAmanhã. Esses números a serem coletados na rede municipal são indicadores de sustentabilidade urbana que retratam o desenvolvimento da capital catarinense, incluindo temas como saúde, educação, mobilidade urbana e saneamento básico, entre outros

“Os indicadores que não existem, vamos buscar fazê-los e os já existentes, vamos verificar se têm qualidade”, explica a presidente da FloripAmanhã e coordenadora da Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis, Anita Pires.

Finalizada a coleta e a apuração dos indicadores será feita também a pesquisa de opinião pública. Todo esse trabalho terá os resultados apresentados e entregues à sociedade no final do ano, através de um relatório. “Trata-se de uma pesquisa popular de opinião com a população em relação a percepção dos indicadores na vida das pessoas”, diz Anita.

Faça download dos documentos apresentados pela Rede em 2017:

O Relatório Anual de Progresso dos Indicadores (RAPI 2017)

Pesquisa de Opinião Pública (POP) da Rede de Monitoramento Cidadão

Durante reunião com o secretário Juliano foram apresentadas as seguintes questões para apreciação: solicitação de espaço junto ao Colegiado da Prefeitura Municipal, para que a Rede Veracidade exponha os seus objetivos e as atividades a serem empreendidas no âmbito do Programa CES; formação de um grupo de trabalho com funcionários de carreira das secretarias envolvidas no Programa CES; avaliação e ajustes necessários ao RAPI 2017; análise conjunta dos efeitos dos indicadores na construção das políticas públicas municipais; encaminhamentos sobre a atualização de indicadores como os relacionados à habitação (Plano Municipal de Habitação de Interesse Social) e uso do solo (áreas parceladas irregularmente); validação das fontes que devem ser consultadas para a coleta dos dados 2018 relativos aos indicadores do ano-base 2017; realização de workshop sobre a metodologia Cidades Emergentes e Sustentáveis e treinamento dos funcionários designados pela Prefeitura para o levantamento dos dados relativos aos indicadores.

A Rede de Monitoramento Cidadão

A presidente da FloripAmanhã e coordenadora da Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis, Anita Pires, conta que o objetivo da Rede é monitorar projetos e investimentos da prefeitura e, a partir disso, dar transparência ao uso dos recursos, além de aumentar o debate sobre as políticas públicas.

“Nosso intuito é dar cada vez mais transparência ao uso do dinheiro público. Afinal, com essa atuação a sociedade civil organizada poderá estar junto com a prefeitura”, acentua.

Indicadores de 2017

Com relação a pesquisa de opinião realizada em 2017, o que mais preocupa a população é a questão da segurança. Já como ponto positivo foi apontada a questão da qualidade da água e do ar.

“O ano passado foi o nosso primeiro ano na Rede, então foi um aprendizado. Em 2018 teremos a possibilidade de fazer uma análise mais aprofundada dos indicadores”, avalia a presidente da FloripAmanhã e coordenadora da Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis, Anita Pires.

O que é a Rede Monitoramento Cidadão?

A Rede de Monitoramento Cidadão, agora chamada também de Rede Veracidade é uma organização independente que tem como objetivo principal acompanhar o desempenho do município em temas que impactam diretamente na qualidade de vida dos cidadãos.

A Rede Monitoramento Cidadão de Florianópolis

A Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis é uma organização independente e apartidária, criada com o objetivo de acompanhar, de forma técnica e imparcial, o desempenho da cidade em questões que impactam sua sustentabilidade e a qualidade de vida de seus cidadãos. Composta por representantes da sociedade civil, setor produtivo, academia e mídia, a RMC também realiza pesquisas e estudos, dissemina informações e análises, e desenvolve iniciativas com diferentes setores da sociedade, por meio de projetos e estímulo à ação política responsável, que promovem a sustentabilidade da cidade.

Na composição da Comissão Executiva da Rede de Monitoramento Cidadão de Florianópolis estão a associação FloripAmanhã (presidência), a Universidade Federal de Santa Catarina (vice-presidência técnica), e a RIC TV Record vice-presidência administrativa).

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *