O Relatório Anual de Progresso dos Indicadores (RAPI) é resultado de um processo de coleta e análise de indicadores de sustentabilidade urbana, que se iniciou em junho de 2017 e levou cerca de cinco meses para ser concluído. O processo de trabalho englobou, em linhas gerais, a definição de indicadores locais a coletar, construção de suas respectivas fichas, o mapeamento das fontes para todos os indicadores, solicitação de dados e follow-up, bem como tabulação dos resultados coletados, verificação da consistência dos indicadores relatados e elaboração de recomendações. Estes dados, semaforizados (classificados em verde, amarelo ou vermelho), refletem a situação da cidade em temas que impactam diretamente na sua sustentabilidade. Clique para baixar o RAPI A Pesquisa de Opinião Pública (POP) da Rede de Monitoramento Cidadão visa identificar como os moradores percebem o avanço, ou não, do desenvolvimento sustentável da cidade e quais temas consideram mais importantes para o futuro de onde moram. Entre os dias 11 de setembro e 24 de outubro de 2017, durante todos os dias da semana, foram realizadas 1021 entrevistas, sendo 446 pessoas do sexo masculino (44%) e 575 pessoas do sexo feminino (56%). O questionário respondido apresentava 150 perguntas. Com o objetivo de atingir um público com maior experiência e vivência na cidade, a POP buscou adultos moradores da cidade com mais de 18 anos, sendo que a maior frequência dos entrevistados ficou entre 18 a 34 anos, seguida da faixa etária entre 35 a 59 anos  e mais de 59 anos.  Clique e baixe a pesquisa
   
   
Esta publicação reúne a íntegra da Agenda Estratégica de Desenvolvimento Sustentável de Florianópolis na Região – Floripa 2030, lançada em 2008, após mais de seis meses de discussões com 148 participantes representando 84 entidades da Grande Florianópolis, com coordenação da FloripAmanhã. O resultado foi a primeira proposta de planejamento urbano construída colaborativamente para Florianópolis. Esta edição inclui também textos produzidos em 2016 com os olhares técnicos de Dora Orth, Ivo Sostizzo e Lorena Babot. Os três analisaram os “Avanços e Influências da Agenda Floripa2030 no Contexto de 2016”.Clique aqui para baixar Floripa 2030 Em mais de um ano de pesquisas, discussões e análises, o Projeto de Estudo Complementar para Implantação do Plano de Ordenamento Náutico criou uma base técnico-científica para subsidiar a regulamentação das atividades náuticas em Florianópolis. O objetivo é permitir a preservação do ambiente costeiro de Florianópolis aliada ao desenvolvimento de atividades como o transporte hidroviário, turismo náutico, aquicultura e pesca. Publicação lançada em março de 2013.Clique aqui para baixar o Estudo Complementar para Implantação do Plano de Ordenamento Náutico
   
   
A Associação FloripAmanhã coordenou um grupo de trabalho multidisciplinar voluntário que compilou nesta publicação doze pareceres técnicos apresentados por arquitetos, engenheiros, economista, advogado, biólogo e oceanógrafo. O objetivo dos estudos é colaborar para o aprimoramento da proposta de Plano Diretor de Florianópolis por meio de recomendações e sugestões de caráter técnico. Foi realizado entre abril e novembro de 2012.Clique para baixar Estudos sobre o Plano Diretor A obra de 183 páginas traz artigos e uma compilação de projetose sugestões dos participantes da II Oficina de Desenho Urbano de Florianópolis – 2007. Durante mais de um mês, 120 arquitetos, de diferentes gerações – incluindo profissionais renomados da cidade e também estudantes – trabalharam voluntariamente na II Oficina de Desenho Urbano para apontar soluções de acesso da população à borda d´água da região central de Florianópolis – a pé, de bicicleta e com acessibilidade universal.Clique aqui para baixar Floripa de Frente pro Mar
   
   
 
Esta publicação é mais do que um apanhado de fatos históricos dos primeiros 10 anos da Associação FloripAmanhã. Busca apresentar princípios e estratégias que nortearam esta caminhada, para o leitor compreender iniciativas, projetos, ações e conquistas como parte de um processo que continua em andamento.As realizações documentadas da FloripAmanhã em conjunto com seus parceiros são exemplos do que pode ser conseguido quando integramos diferentes atores sociais públicos e privados na busca de alternativas para uma cidade criativa, mais preservada, planejada e inovadora.Clique para baixar o Almanaque 10 Anos FloripAmanhã