2° episódio do ‘Traduzindo ciência’ aborda pinus invasores na Lagoa da Conceição
10/09/2019
Seminário na 20ª Fenaostra discute produção e colheita de animais marinhos
10/09/2019

Fazenda da Ressacada é tema do 9º Workshop Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis

A 9ª edição do Workshop Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis (CHIS), desenvolvido pela disciplina de mesmo nome ofertada pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC/UFSC) e aplicado pelo Laboratório Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis  (LabCHIS), está sendo realizada, este ano, de 9 a 13 de setembro, na Fazenda Experimental da Ressacada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A Associação FloripAmanhã vai participar do Workshop Ressacada, que vai definir o planejamento da região ao redor da Fazenda da Universidade Federal de Santa Catarina e do Aeroporto, na Tapera e Carianos, refletindo diretamente em todo o sul da ilha (da Caieira ao Campeche e da Costeira à Armação).

Localizada na região Sul da Ilha de Florianópolis, no bairro Tapera, a Fazenda, agora, faz divisa com o novo terminal do Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Por isso, denominado Workshop da Ressacada, o evento visa identificar, em conjunto com a comunidade interessada, projetos que sejam capazes de promover a transformação daquela região dentro dos aspectos do CHIS: humanos, inteligentes e sustentáveis.

As atividades de imersão serão desenvolvidas em cinco dias, envolvendo cerca de 60 participantes, além de oito facilitadores e 30 parceiros (stakeholders que precisam ser ouvidos pelos participantes para a tomada de decisão). As estratégias serão traçadas pelos integrantes de oito Grupos de Trabalhos, GTs, sobre os seguintes temas: 1) Desenvolvimento Econômico Inteligente; 2) Pessoas Inteligentes, Capacitadas e Preparadas; 3) Lugar Inteligente e Segurança Pública; 4) Turismo e o Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural; 5) Meio-Ambiente e Energia Renovável; 6) Inclusão social inteligente; 7) Mobilidade Inteligente; 8) Governança e Novas Legislações Pertinentes.

As propostas montadas pelos GTs resultarão em um planejamento integrado a ser aplicado na região dos entornos da Fazenda da Ressacada com o objetivo de desenvolvimento dentro dos preceitos do CHIS. “Diante da inauguração do novo terminal do Aeroporto de Florianópolis, em 1º de outubro deste ano, apostamos que este equipamento irá promover uma transformação no Sul da Ilha. O atual terminal é voltado para o Norte e o novo para o Sul. Ao sair do novo terminal, o passageiro vai olhar para o Sul da ilha: a região passa a ser ‘vista’ por todos, fisicamente e metaforicamente, e não poderá mais ser ignorada pelo restante da cidade. Ao sair do novo terminal e olhar para o Sul, o passageiro vai observar a Fazenda Experimental da Ressacada, que cedeu parte do seu terreno para a construção do novo terminal. Do ponto de vista da UFSC, abre-se uma oportunidade ímpar de apresentação de suas capacidades criativas e inovadoras e uma oportunidade de geração de valor. Em parceria com diversos atores da sociedade, a UFSC pode emergir como protagonista do movimento de inovação criativa existente em Florianópolis, mas do qual a UFSC até agora foi, apenas, a principal fornecedora de mão-de-obra (ou, mais apropriadamente ‘cérebro-de-obra’”, enaltece Eduardo Moreira da Costa, coordenador-geral do Workshop e professor da disciplina no EGC, revelando que outro fator importante pela escolha de realizar o evento deste ano no Sul da Ilha é porque a região é rica em história e patrimônio cultural.

Segundo Neri dos Santos, professor no EGC, o objetivo é apresentar propostas que poderão ser implantadas por meio de políticas públicas, sociais e empresariais para a região nos sentidos sociais, ambientais, econômicos, de acessibilidade, segurança e outros. “O novo terminal do aeroporto é importante para a cidade e vai ter uma conurbação significativa na região. Tudo tem que ser feito de forma planejada. No Workshop serão retiradas ideias para serem apresentadas ao Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf) e aos órgãos responsáveis para avaliação, assim como foi feito com o Workshop sobre a Ponte Hercílio Luz”, explica ele.

Participarão do debate representantes da comunidade, órgãos públicos e a sociedade civil organizada, uma vez que o planejamento da região exige o envolvimento coletivo para que as demandas e expectativas sejam ouvidas.

Ofertada anualmente, em regime concentrado, a disciplina Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis (CHIS/EGC) promove os workshops com o propósito de atuar no planejamento de uma região. A ideia é, na oportunidade, planejar com propostas estruturantes, utilizando os conceitos de cidade mais inteligentes, humanas e sustentáveis.

MAIS

A realização desta edição do Workshop é uma parceria do PPEGC/LabCHIS com o Centro de Ciências Agrárias da UFSC (CCA) e a Secretaria de Inovação (Sinova), e apoio do Secretaria de Educação a Distância (Sead). Participam, ainda, Fundação Stemmer para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (Feesc/UFSC), Câmara de Vereadores, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Conselho de Saneamento Básico, Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE), SDES, Ipuf, Associação dos Moradores Recreio Santos Dumont (AMOSAD Carianos), Associação de Moradores, Maricultores e Pescadores da Servidão Bertinho (Amomap Tapera), a Associação dos Maricultores do Ribeirão, Cepeagro, Associação de Moradores do Campeche (Amocam Campeche), UNISUL, UnoChapecó e Floripa Airport.

(UFSC, 09/09/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *