Bares de rua do Centro Histórico de Florianópolis vão fechar mais cedo
23/08/2019
Fortalezas da Ilha: louça do século XVIII passa por recuperação na UFSC
26/08/2019

Entrevista: “Vamos fazer um Floripa Conecta ainda melhor em 2020”

Da Coluna de Fabio Gadotti (ND, 23/08/2019)

Realizado entre os dias 9 e 18 de agosto, a primeira edição do Floripa Conecta cumpriu a missão de misturar os setores de tecnologia, turismo e economia criativa e, segundo o coordenador Marcelo Bohrer, “destacar uma visão coletiva” que pode gerar desenvolvimento econômico e social. Para 2020, ele projeta um evento ainda maior.

O Floripa Conecta cumpriu a missão de unir tecnologia, turismo e economia criativa?
Sim, dentro da grade de programação tivemos inúmeros eventos relacionados à economia criativa, dois grandes eventos relacionados à inovação, ciência e tecnologia (Startup Summit e o Innovation Summit) e, sob o ponto de vista do turismo, pudemos vivenciar uma cidade bastante movimentada num mês que sempre foi ruim para a cadeia turística. Tivemos relatos positivos de hotéis e restaurantes que tiveram um bom movimento e de fornecedores da área de transporte, fornecimento de sonorização, iluminação. Conseguimos unir esses três segmentos importantes da cidade e destacar uma visão coletiva, a ideia de que podem andar juntos e se fortalecerem dessa união.

Numa avaliação preliminar, ainda no domingo, você falou que viu uma ‘cidade misturada’ nos 10 dias do movimento. É esse o caminho?
Florianópolis é uma cidade muito plural, diversa, identificada com muitos movimentos, por exemplo no design, na música, na gastronomia, no grafite, nas questões relacionadas à ocupação dos espaços urbanos. Temos uma vida boêmia bastante ativa, inovação, tecnologia etc. É essa mistura de segmentos, povos, raças e crenças que vai fazer a gente avançar cada vez mais com o Floripa Conecta. Vai envolver o rompimento de paradigmas. A gente pode perceber inúmeras fortalezas que talvez não fossem muito reconhecidas na nossa cidade, ou até desconhecidas. Com essa movimentação, a cidade começa a se perceber de forma diversa, plural, e que isso pode ser uma boa oportunidade de desenvolvimento para muitos setores e para Florianópolis como um todo.

Qual a expectativa para o Floripa Conecta 2020?
Ainda vai ser amadurecida, mas vamos realizar um Floripa Conecta ainda melhor em 2020. Há um sonho de ampliar o número de dias, aumentar os segmentos, proporcionar mais misturas, envolver ainda mais a cidade, conseguir comunicar ainda melhor e trazer mais pessoas para o debate.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *