Programa Juro Zero Floripa empresta R$ 1,2 milhão em dois anos
19/08/2019
Ciclorrota em Florianópolis requer educação no trânsito
19/08/2019

Como está o tráfego dois meses após inaugurada a terceira faixa da Via Expressa

Diariamente passam pela Via Expressa, na Grande Florianópolis, cerca de 120 mil veículos, especialmente em horários de pico, quando o tráfego aumenta consideravelmente. Para dar maior fluxo no único acesso entre Continente e Ilha de Santa Catarina e, consequentemente, amenizar os transtornos no trânsito local, os órgãos responsáveis buscaram a ampliação na BR-282 como alternativa.

Há dois meses liberada para tráfego, a terceira faixa da Via Expressa no sentido Ilha de Santa Catarina foi a última a ficar pronta para uso. O trecho liga a BR-282 com a ponte Pedro Ivo Campos e auxiliou a desafogar o trânsito na região, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Para o chefe de comunicação social da PRF, Adriano Fiamoncini, nos dois sentidos é possível perceber mais fluidez, porém, a saída da Ilha foi a mais privilegiada com a mudança:

— É nítida a redução das filas na avenida Gustavo Richard (uma das avenidas mais movimentadas de Florianópolis e que dá acesso à ponte Colombo Salles).

Em relação ao último trecho liberado para trânsito, e que da acesso à ponte Pedro Ivo, Fiamoncini avalia que houve melhora, porém, menos significativa:

— O fluxo também melhorou, mas permanece o problema do afunilamento causado pela ponte, que tem apenas quatro faixas para atender o fluxo proveniente da Via Expressa e dos bairros Estreito e Coqueiros — afirmou.

(Leia matéria completa em NSC, 18/08/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *