Nova manutenção de passadiço da Ponte Pedro Ivo deve ocorrer na noite desta quinta-feira
18/07/2019
Conselho cobra licença para alargamento da praia de Canasvieiras
18/07/2019

Laboratório da UFSC apresenta estudo sobre Contorno Viário da Grande Florianópolis

O Laboratório de Transporte e Logística da Universidade Federal de Santa Catarina (Labtrans) apresentou apresentou em reunião nesta quarta-feira (17) na capital análise sobre o Contorno Viário da Grande Florianópolis. O estudo foi encomendado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A obra deve ficar pronta em dezembro de 2022, conforme a concessionária da BR-101.

O estudo apresentou a análise sobre parte do projeto da obra, o trecho onde túneis duplos devem ser construídos. A ANTT ainda não liberou a obra.

Nos próximos dias, a concessionária da BR-101, a Arteris, deve responder aos questionamentos da agência sobre o projeto e a expectativa é que a obra seja liberada até novembro.

Caso o trecho seja autorizado, será reconhecido que a concessionária teve custos extras e isso pode ocasionar aumento do valor do pedágio.

Pelo prazo inicial, a obra deveria ter sido entregue em 2012. Um novo traçado precisou ser projetado depois que foi autorizada a construção de um condomínio no caminho do projeto original.

Além do Labtrans, também participou da reunião o diretor de negócios de uma empresa chinesa. Ele apresentou um modelo de transporte por monotrilho, que está sendo implantado em diversas cidades como alternativa para melhorar a mobilidade.

(G1SC, 17/07/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *