Empresários organizam evento para prestar solidariedade a Gean Loureiro
02/07/2019
Governo apresenta obras de recuperação da SC-401 para entidades empresariais
02/07/2019
Almoço de apoio ao prefeito Gean Loureiro devido à sua prisão pela PF

O Movimento Floripa Sustentável reuniu nesta segunda (01/07) empresários e entidades do terceiro setor para um almoço em solidariedade ao prefeito Gean Loureiro, pelo fato de sua prisão de um dia na Operação Chabu, da Polícia Federal.

Em torno de 80 lideranças da cidade participaram do encontro realizado no restaurante Maremonti, em Florianópolis. “O PIB estava ali, levando solidariedade para que o prefeito não desanime em tocar a cidade, que está um canteiro de obras”, diz a coordenadora do Movimento, Zena Becker, membro do Conselho Consultivo da Associação FloripAmanhã. 

Gean Loureiro recebe apoio de lideranças de Florianópolis O Movimento Floripa Sustentável reuniu nesta segunda (01/07) empresários e entidades do terceiro setor para um almoço em apoio e solidariedade ao prefeito Gean Loureiro, pelo fato de sua prisão de um dia na Operação Chabu, da Polícia Federal. Em torno de 80 lideranças da cidade participaram do encontro realizado no restaurante Maremonti, em Florianópolis. “O PIB estava ali, levando solidariedade para que o prefeito não desanime em tocar a cidade, que está um canteiro de obras", diz a coordenadora do Movimento, Zena Becker, membro do Conselho Consultivo da Associação FloripAmanhã. O prefeito Gean Loureiro, sempre ao lado da esposa, fez um discurso emocionado e disse que a cidade precisa virar a página para continuar no ritmo das obras. Também falou que a iniciativa do empresariado foi "demonstrar união e confiança no prefeito". Ele fez um relato longo das ações da administração, pasta a pasta, justificando que o trabalho precisa continuar. O prefeito ainda contou detalhes do dia da prisão: “A porta da minha casa foi praticamente arrombada às 6h da manhã daquela terça-feira. Ficaram três horas vasculhando tudo, sem me explicar nada do que estava acontecendo. Me levaram preso. Durante três horas e meia respondi questionamentos sem saber o que havia nos autos e nem do que estava sendo acusado. Foram na prefeitura e fizeram uma varredura. À noite fui liberado, com afastamento de 30 dias do cargo de prefeito. Tive que entrar com recurso no TRF4 pra reverter essa decisão. Conseguimos”, relatou Gean. Ao final o prefeito elogiou a Imprensa, que de acordo com ele, foi correta e imparcial. “Tenho que fazer um agradecimento a todos os jornalistas. Vi muito jornalista com lágrima no olho. As instituições podem falhar, mas essa injustiça poderia ter sido evitada. Eu nunca poderia imaginar que 13 dias depois de ter ido pra PF estaria sendo homenageado por vocês. Tentaram matar minha moral, mas agora estou bem mais forte. A população de Florianópolis, que até no Tribunal da Internet que é cruel, me inocentou. Até a oposição fez manifestações de apoio. Sou muito grato, nunca deixei de ter fé e hoje tenho uma cidade inteira a meu favor”, ressaltou o prefeito. A solidariedade, segundo os que participaram, foi motivada principalmente pelos compromissos que a Prefeitura têm assumidos no sentido de melhorar o ambiente de negócios em Florianópolis. "Precisávamos dar esse voto de confiança dos empresários e entidades”, disse o presidente do Floripa Convention & Visitors Bureau, Humberto Freccia, que destacou a administração da atual gestão. "O prefeito pegou a cidade com dívidas e consertou a casa, tínhamos que nos manifestar", completou Freccia. O presidente da Abrasel SC (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Raphael Dabdab, disse que o objetivo foi respaldar um trabalho "que visa tirar as amarras do desenvolvimento econômico e, com isso, garantir uma cidade melhor, inclusive socialmente. Vemos com bons olhos um plano de governo que busca tirar o atraso. Podemos citar a despoluição da Beira-Mar Norte, o projeto da marina, as questões de mobilidade, a revisão do uso das calçadas etc. Não é o apoio a uma pessoa ou a um partido", justificou Dabdab. Com informações da coluna de Fábio Gadotti (Notícias do Dia em 02/07/2019).

O prefeito Gean Loureiro, sempre ao lado da esposa, fez um discurso emocionado e disse que a cidade precisa virar a página para continuar no ritmo das obras. Também falou que a iniciativa do empresariado foi “demonstrar união e confiança no prefeito”. Ele fez um relato longo das ações da administração, pasta a pasta, justificando que o trabalho precisa continuar.

O prefeito contou detalhes do dia da prisão: “A porta da minha casa foi praticamente arrombada às 6h da manhã. Ficaram três horas vasculhando tudo, sem me explicar nada do que estava acontecendo. Me levaram preso. Durante três horas e meia respondi questionamentos sem saber o que havia nos autos e nem do que estava sendo acusado. Foram na prefeitura e fizeram uma varredura. À noite fui liberado, com afastamento de 30 dias do cargo de prefeito. Tive que entrar com recurso no TRF4 pra reverter essa decisão. Conseguimos”, relatou Gean.

Ao final o prefeito elogiou a Imprensa, que de acordo com ele, foi correta e imparcial. “Tenho que fazer um agradecimento a todos os jornalistas. Vi muito jornalista com lágrima no olho. As instituições podem falhar, mas essa injustiça poderia ter sido evitada. Eu nunca poderia imaginar que 13 dias depois de ter ido pra PF estaria sendo homenageado por vocês. Tentaram matar minha moral, mas agora estou bem mais forte. A população de Florianópolis, que até no Tribunal da Internet que é cruel, me inocentou. Até a oposição fez manifestações de apoio. Sou muito grato, nunca deixei de ter fé e hoje tenho uma cidade inteira a meu favor”, ressaltou o prefeito.

A solidariedade, segundo os que participaram, foi motivada principalmente pelos compromissos que a Prefeitura têm assumidos no sentido de melhorar o ambiente de negócios em Florianópolis. “Precisávamos dar esse voto de confiança dos empresários e entidades”, disse o presidente do Floripa Convention & Visitors Bureau, Humberto Freccia, que destacou a administração da atual gestão. “O prefeito pegou a cidade com dívidas e consertou a casa, tínhamos que nos manifestar”, completou Freccia. O presidente da Abrasel SC (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Raphael Dabdab, disse que o objetivo foi respaldar um trabalho “que visa tirar as amarras do desenvolvimento econômico e, com isso, garantir uma cidade melhor, inclusive socialmente. Vemos com bons olhos um plano de governo que busca tirar o atraso. Podemos citar a despoluição da Beira-Mar Norte, o projeto da marina, as questões de mobilidade, a revisão do uso das calçadas etc. Não é o apoio a uma pessoa ou a um partido”, justificou Dabdab.

Com informações da coluna de Fábio Gadotti (Notícias do Dia em 02/07/2019).

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *