Reintegração de posse em comunidade de Florianópolis é suspensa
08/05/2019
Santa Catarina ainda precisa avançar para combater a desigualdade social
08/05/2019

Mais de 200 ligações irregulares de água são cortadas pela Casan em Florianópolis

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) cortou 266 ligações irregulares de água em imóveis de Florianópolis, na segunda-feira (6). O primeiro dia da força-tarefa que combate fraudes nos hidrômetros, ligações clandestinas e inadimplência, foram realizados em quatro bairros. Os infratores são multados e também são cobrados por consumo estimado.

Doze equipes estão envolvidas na fiscalização. Conforme a Casan, foram 220 cortes no cavalete, de clientes que estavam com faturas atrasadas. Além de 46 cortes, de clientes com água cortada no cavalete e que estavam usando irregularmente. O cronograma inicial segue com trabalhos até quinta-feira na região continental e na Ilha.

Fiscalização

As fiscalizações começam nas ligações que já foram cortadas e que não deveriam estar religadas sem autorização da empresa, o que é crime.

Os técnicos usam um geofone, que é um equipamento que “escuta” a passagem da água, para combater às fraudes. Equipes de cadastro fazem a varredura para verificar clientes com ligação de esgoto disponível, mas não faturada.

Até o final da operação, a estimativa é realizar mais de 1.500 cortes de cavalete e pelo menos 170 cortes de ramal, conforme informou a Casan.

Cronograma da força-tarefa

  • Quarta-feira (8): Centro, Prainha, Agronômica, Trindade, Saco dos Limões, Carvoeira, Saco Grande, José Mendes e Pantanal;
  • Quinta-feira (9): Pantanal, Saco dos Limões, Córrego Grande, Santa Mônica, Trindade, José Mendes, Centro, Costeira, Pantanal, Itacorubi e João Paulo.

(G1SC, 07/05/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *