Empresas não apresentam proposta para guincho 24h nas pontes de Florianópolis
10/04/2019
Grupo de trabalho reúne 15 órgãos preocupados com a qualidade da água de Santa Catarina
10/04/2019

Moradores querem estrada parque para via que liga SC-401 ao Rio Vermelho

O trajeto de 3,3 quilômetros que liga a SC-401, na altura da Vargem Grande, diretamente a SC-406, no Rio Vermelho, sem precisar passar pela 403, no Ingleses, soa para muitos como uma alternativa para o transito caótico do Norte da Ilha. O caminho, atualmente uma estrada de chão —estrada Cristóvão Machado de Campos— se tornou palco de uma polêmica sobre qual será o tipo de uso que se pretende para o local.

Moradores pedem que obra contemple – Anderson Coelho/NDEnquanto parcela da população, e também a municipalidade, defende que a requalificação da estrada com asfalto vai contribuir para a mobilidade daquela região da cidade, parte dos moradores querem que o projeto tenha um viés ambiental e contemple não só a passagem de carros, mas também as características naturais do lugar, permitindo espaço para passagem de animais, áreas de caminhada e ciclovias.

Na semana passada, uma audiência pública realizada pela Câmara de Florianópolis debateu o o assunto na comunidade. “Saímos desse encontro certos da importância de constituirmos um grupo de trabalho com representantes das importantes instituições parceiras e apoiadoras do Projeto Estrada Parque”, disse Rita de Cássia Sampaio Araújo, moradora.

O projeto da estrada parque também recebeu apoio do Observatório de Áreas Protegidas, da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). A estrada corta o Maciço Norte da Ilha e se conseguir adesão do município esta poderá ser um dos primeiro projetos de Estrada Parque no sul do país.

A partir da audiência Pública, um Grupo de Trabalho foi constituído para tratar o assunto e apresentar uma proposta de projeto à Prefeitura de Florianópolis. Além de espaço para animais, passagens subterrâneas e espaço para educação ambiental —já que há escolas às margens da via—, uma das maiores brigas dos moradores que defendem a estrada parque é a pavimentação com material permeável para evitar alagamentos. Eles também pedem instalação de pórticos na entrada da estrada para evitar o transito de veículos pesados na via.

O secretário de infraestrutura de Florianópolis, Valter Galina, informou que o projeto do município para a estrada vai custar R$ 6,5 milhões com recursos da Caixa. “Já está em fase de licitação”, antecipou.

(Confira matéria completa em ND, 10/04/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *