Pescadores artesanais relatam problemas em autorizações a menos de uma semana do início da pesca da tainha
29/04/2019
Creche incentiva crianças a descartarem resíduos sólidos corretamente
29/04/2019

Floripa Jazz Festival promove música e cultura durante sete dias na capital catarinense

Shows gratuitos, oficinas e artistas convidados do Brasil e do exterior integram a programação.

Uma semana para mergulhar na produção musical de Florianópolis, promovendo um intercâmbio entre artistas locais, nomes nacionais e referências do jazz mundial contemporâneo. Assim será a edição 2019 do Floripa Jazz Festival, evento que colocará a capital catarinense em destaque entre os amantes da música entre os dias 13 e 19 de maio.

Como o ritmo que inspira o projeto, múltiplo e democrático, o Floripa Jazz Festival chega para disseminar a música para diferentes públicos, em diversos palcos pela cidade. A programação é diversificada e, em sua maioria, gratuita.

Com mais de 30 atividades confirmadas, o evento renova-se e passa a abraçar diferentes regiões da Ilha, com shows, apresentações e oficinas, totalizando assim 12 diferentes pontos, como as universidades públicas (UDESC e UFSC), Museu da Imagem e Som de Santa Catarina e Teatro Ademir Rosa (ambos no CIC), além de casas como Jazzinn e Célula, e a escola Osvaldo Galupo, no Morro do Horácio. “Outro diferencial da 9ª edição é a programação de oficinas, que chega para atender músicos e estudantes de música, e também alunos de uma escola da rede pública”, destaca Chico Abreu, produtor do festival. Ao todo, cinco oficinas serão realizadas ao longo da programação.

Entre as atrações, há shows para todos os gostos: artistas que já são expoentes da cena local como Brasil Papaya, Luciano Bilu, Trio Ponteio e Diogo de Haro dividem a programação com novos e promissores artistas, entre eles a Orquestra Manancial da Alvorada, Choro Xadrez e Letícia Coelho.

Entre os shows já confirmados, dez deles necessitam da aquisição de ingressos, como no caso das apresentações que serão realizadas no Teatro do CIC, como a da cantora e compositora Céu, com show de abertura da sergipana Héloa, no dia 15 de maio; no dia 16 é a vez do violinista gaúcho Yamandu Costa, com abertura do Trio 3-63, formado pela flautista Andréa Ernest Dias, o pianista Paulo Braga, e o percussionista Marcos Suzano; no dia 17 é a vez do contrabaixista brasileiro Thiago Espírito Santo que sobe ao palco ao lado do saxofonista americano Joshua Redman e do gaitista suíço Grégoire Maret. Nesta noite quem abre o show é a banda paulistana Quartabê.

Já no dia 18, no mesmo palco, quem se apresenta é o pianista e compositor Eumir Deodato, músico brasileiro radicado nos Estados Unidos, com aproximadamente 500 discos produzidos em sua carreira, em parcerias com músicos como Bjork, Frank Sinatra, Tom Jobim, Aretha Franklin e outros. Nesta ocasião, quem abre a noite é o pianista pernambucano Vitor Araújo, escolhido entre quase duzentos artistas inscritos na seletiva Tratore/Floripa Jazz Festival 2019.

A programação completa (sujeita à alteração) já está disponível no site: https://www.floripajazz.org/

Incentivo ao turismo

Além de ser um destaque nacional pela qualidade musical e originalidade da programação, o Floripa Jazz Festival também é um produto que promove a capital catarinense no turismo musical. Em suas oito edições, anteriormente denominado Jurerê Jazz Festival, o evento sempre registrou um crescente número de visitantes oriundos de diversas cidades do Brasil e do exterior; pessoas que têm em comum a paixão pela música para definir seus roteiros de viagem.

“Sediar eventos como esse, que possuem uma rica e diversificada programação é motivo de orgulho. Sem dúvida, toda ação que promove e valoriza a cultura merece ser destacada. A população ganha mais opções de lazer e a cidade atrai mais visitantes”, afirma o superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinícius De Luca.

Somente em 2018, mais de 40% do público veio de fora de Santa Catarina exclusivamente para prestigiar o evento. É o que ocorre em outras cidades ao redor do Brasil e do mundo, como é o caso do Rio das Ostras Jazz e Blues Festival, no litoral carioca, e o Guaramiranga Jazz e Blues Festival, na região serrana cearense, e também os gigantes Montreal Jazz Festival, no Canadá; e o Montreux, na Suíça.

Com uma média de 30 mil pessoas por edição, a realização do Floripa Jazz Festival movimenta a rede hoteleira, gastronômica, transportes e empresas fornecedoras, gerando centenas de postos de trabalho de forma direta e indireta. A expectativa da organização é que cerca de 4 milhões de Reais sejam movimentados durante os sete dias de Floripa Jazz Festival.

O Floripa Jazz Festival 2019 é uma realização do Instituto Floripa Jazz, através da Lei de Incentivo à Cultura, com apoio cultural do Ibis Hotéis, Hospital Baía Sul, Clínica Imagem, Komport, Badesc, NEO Next Generation, APCEF/SC, Hospital SOS Cardio, Hospital de Olhos de Florianópolis, Maria do Mar Hotel, Giacomelli; com apoio institucional da UDESC, UFSC/DAC Departamento Artístico Cultural, Tratore e SESC/SC. Hotel Oficial Majestic. Cervejaria Oficial Unika; e apoio de Mídia Exclusive Mídias Digitais e INFO TV. Ingressos Blueticket. Promoção Itapema FM. Patrocínio Eletrobras/Eletrosul, Engie, Orbenk, Lei Municipal de Incentivo à Cultura, Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Prefeitura Municipal de Florianópolis/Secretaria de Cultura Esporte. A realização é do Ministério da Cidadania e Pátria Amada Brasil Governo Federal.

Serviço

O quê: Floripa Jazz Festival;

Quando: 13 a 19 de maio;

Ingressos: Pontos de venda credenciados, bilheteria dos teatros Ademir Rosa, Álvaro de Carvalho e Pedro Ivo, e também na Blueticket, pelo link https://www.blueticket.com.br/floripajazzfestival.

(PMF, 25/04/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *