Cerca de 800 mil pessoas não têm acesso à rede de água e 5,2 milhões estão sem coleta de esgoto em SC
22/04/2019
Benzedeiras de Floripa: Tradição que resiste ao tempo
23/04/2019

Com trânsito travado mesmo após elevado, novas soluções são estudadas para o Rio Tavares

Aberto para o trânsito no último dia 23 de março, o elevado do Rio Tavares ainda não surtiu o efeito desejado na mobilidade do Sul da Ilha. Pior. As filas na SC-405 continuam em horários de pico e, agora, foram estendidas para a SC-406, no trecho entre o Rio Tavares e a Lagoa, por conta do afunilamento de pistas em direção ao Centro.

Uma prova da dificuldade de mobilidade no local foi testemunhada pelos motoristas que retornavam das praias neste sábado (20) à tarde. Eles precisaram exercitar a paciência para superar o congestionamento no sentido bairro-Centro.

Tudo porque a faixa central do trecho reversível continuava aberta no sentido Centro-bairro, e os motoristas, dispostos em três faixas (duas provenientes do elevado e uma da SC-406), só poderiam acessar a única faixa em direção ao Centro.

O comandante da PMRv (Polícia Militar Rodoviária Estadual), Evaldo Hoffmann, explica que a situação da rodovia é monitorada constantemente e que a situação verificada no sábado pode ter acontecido porque os policiais militares estariam envolvidos em alguma ocorrência.

(Confira matéria completa em ND, 22/04/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *