FIESC apresenta avaliação sobre obras de acesso ao aeroporto de Florianópolis
20/03/2019
Monitoramento costeiro comunitário da UFSC solicita participação de usuários
21/03/2019

Unidade de Recuperação da Beira-Mar Norte estará aberta à população

Engenheiros, técnicos e operários passaram a terça-feira fazendo os ajustes finais para a entrega da Unidade de Recuperação Ambiental (URA) que vai permitir a balneabilidade da Beira-Mar Norte, em Florianópolis. O ato de inauguração está marcado para quinta-feira, dia 21, às 10h.

Na sequência da cerimônia, a unidade estará aberta para visitação durante todo o dia, permitindo que a população entenda como ocorre o processo de despoluição da água.

Escolas que desejarem visitar o local, devem enviar mensagem para gcs@casan.com.br ou ligar para o fone (48) 3221-5036. Técnicos da Companhia estarão a postos no local para explicar como ocorre a captação das águas contaminadas, o tratamento e o despejo do líquido limpo na Baía.

Baía não recebe mais contaminação de esgoto

A URA é o equipamento onde está sendo tratada a água das chuvas contaminada com esgoto, que antes era levada à Baía Norte. O equipamento já está em operação desde 8 de março, quando cessou a chegada de contaminação à praia.

A obra foi realizada entre 15 de março de 2018 e 8 de março de 2019. No período de um ano, o consórcio vencedor da licitação (Fast/CFO) implantou 3,6 mil metros de rede em uma área de grande movimentação de pedestres, instalou 15 grandes estruturas de concreto e 31 válvulas bloqueadoras (tipo bico-de-pato) e ergueu a Unidade de Recuperação Ambiental com capacidade para tratar até 13 milhões de litros/dia.

São 13 milhões de litros de água limpa que podem ser despejados diariamente na Baía, ajudando a limpar a área poluída – cujo processo de descontaminação contará também com a ação das correntes marítimas, dos raios solares e do sal presente na água. Com a conclusão da obra, a CASAN intensificou as análises laboratoriais da água. O objetivo é acompanhar a redução da contaminação até alcançar os padrões ideais de balneabilidade, o que vai ocorrer ao longo dos próximos 120 ou 150 dias.

(Casan, 19/03/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *