Empresários da região Leste do Centro Histórico debatem ações para recuperar a área
19/03/2019
Placas de trânsito sem manutenção deixam dúvidas no trânsito da Capital
20/03/2019

Entidades de SC lançam nos EUA o Floripa Conecta, festival de inovação e economia criativa

Em março do ano passado, uma comitiva com representantes de entidades empresariais e do poder público de Florianópolisdesembarcou na capital cultural do Texas, a cidade de Austin, para conhecer o maior evento de economia criativa e tecnologia do mundo, o South By Southwest (SXSW). A intenção era transformar em realidade a ideia de algumas lideranças locais de organizar, na capital catarinense, um evento que tivesse a mesma característica de unir turismo, economia criativa e a ascendente indústria de TI.

Nesta semana, um grupo de lideranças de Florianópolis voltou a Austin, desta vez para apresentar a empreendedores locais e imprensa que acompanha o SXSW o Floripa Conecta, uma espécie de hub de eventos ligados a tecnologia, turismo e economia criativa que acontecerá entre os dias 9 e 18 de agosto deste ano. O lançamento foi na terça a sede do Dropbox e contou com 250 participantes, grande parte deles brasileiros que estavam na cidade para o SXSW e que atuam no mercado de tecnologia e inovação nos EUA

“Passamos os últimos três anos pensando como é que a gente podia sacramentar essa mudança de centralidade econômica da nossa cidade, como é que podia externar o que está acontecendo e o Conecta será o resultado disso”, comenta Daniel Leipnitz, presidente da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), uma das entidades que participaram das duas missões aos EUA nos últimos anos, junto com a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), entre outras.

Neste período, a capital catarinense vai organizar uma série de eventos como a segunda edição do Startup Summit (15 e 16 de agosto) – encontro do segmento de empreendedorismo inovador e TI que espera reunir mais de 3,5 mil pessoas – e o Innovation Summit Brasil 2019 (12 a 14 de agosto), da recém criada Rede Nacional das Associações de Inovação e Investimentos (RNAII), que reúne entidades como ABStartups, Abipti, Anjos do Brasil, Anpei, Anprotec, ABVCap, além do Sebrae (correalizador) e organizadores locais (ACATE e Fundação Certi).

“Somente o RNAII vai se desdobrar em outros 12 eventos e, além disso, temos mais oito eventos confirmados ao longo dessas datas, envolvendo artes, música e tecnologia. Esperamos para esta primeira edição atrair um público de 60 mil a 70 mil pessoas”, estima Daniel.

A intenção é ir além do segmento de TI, agregando à economia local outros segmentos que podem se desenvolver na esteira da “indústria limpa” de tecnologia que hoje é o maior arrecadador de impostos da capital catarinense. Como aponta Rodrigo Rossoni, presidente da Associação Comercial Industrial de Florianópolis (ACIF): “este é um movimento muito parecido com o que Austin conseguiu fazer nos últimos anos. Queremos estimular nossos empreendedores, atrair novas pessoas, investidores e aumentar a prosperidade de Florianópolis com conhecimento e novas experiências”.

Na primeira edição, realizada em 1987, o South By Southwest reuniu pouco mais de 700 pessoas. Porém, a continuidade do evento e o propósito de ser “uma ferramenta para que pessoas criativas desenvolvam suas carreiras”, como definiu o diretor administrativo do festival, Roland Swenson, tornou o SXSW uma vitrine global. Em 2018, o evento mobilizou cerca de 400 mil pessoas – das quais 1,3 mil brasileiros, uma das maiores comitivas internacionais presentes em Austin.

Em entrevista para o SC Inova, o diretor-superintendente da Fundação Certi, José Eduardo Fiates, antecipou que “este conjunto de eventos será um indicativo da evolução do nosso ecossistema” e destacou a primeira missão a Austin, em março passado, como um dos marcos do ambiente de inovação da cidade.

“Foi um momento significativo, pois reuniu uma série de pessoas-chave, lideranças locais que estavam lá para inaugurar o hub de negócios nos Estados Unidos (em Boston) e conhecer o South By Southwest. Nós já conversávamos há uns dois anos que a cidade precisava ter um evento que unisse tecnologia e turismo e a visita ao Texas foi um forte instrumento de mobilização”.

Além de trazer os holofotes para o ecossistema de inovação catarinense, entidades como ACIF e ACATE querem que os empreendedores locais aproveitem esta conexão para internacionalizar seus negócios. Em 2018, foi inaugurado um escritório compartilhado entre as associações, na cidade de Boston, para auxiliar empresas interessadas em abrir operações nos Estados Unidos.

(SCInova, 17/03/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *