Na Câmara, prefeito Gean Loureiro volta a cobrar investimento do Estado na SC-401
05/02/2019
Dia D para a reforma das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles
05/02/2019

Da coluna de Fábio Gadotti (ND, 04/02/2019)

No despacho que negou a liminar para embargo imediato das obras das quadras de esporte da Lagoa da Conceição, o juiz Marcelo Krás Borges, da 6a Vara Federal de Florianópolis, faz um alerta sobre os efeitos nocivos da falta de participação popular na tomada de decisões urbanísticas.

Ele citou a gentrificação, como é chamado o processo de intervenção em centros urbanos com a exclusão de moradores de baixa renda e elitização, “sob a justificativa de revitalização de centros históricos e antigos da cidade e a transformação de zonas (originalmente protegidas) em residenciais e turísticas”. Segundo ele, o fenômeno não tem ocorrido só no Brasil, mas também em metrópoles como Berlim (Alemanha), Paris (França) e Istambul (Turquia).

Essa é a principal crítica dos segmentos resistentes às iniciativas que estão buscando reerguer a ala leste do Centro Histórico da Capital, com projetos de estímulo à economia criativa e incentivo ao empreendedorismo.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *