Em sentença, juiz alerta sobre processos de revitalização de centros históricos
05/02/2019
Comunidade pede manutenção em espaço de lazer em Capoeiras, na Capital
05/02/2019

Da coluna de Ânderson Silva (NSC, 05/02/2019)

Três anos depois do esperado, o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) enfim terá a definição da empresa que fiscalizará a reforma das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, em Florianópolis.

A comissão de licitação abre na tarde desta terça-feira (05), às 14h30, os envelopes das três propostas de preço aptas a participar da última etapa do processo. Estão classificadas as empresas Engevix e Falcão Bauer, além do Consórcio Ponte Sul, formado pela Esse Engenharia e Recuperação Serviços Especiais.

Vencerá a licitação a proposta de menor preço com o limite máximo de R$ 2.069.613,39. O prazo de execução dos serviços é de 730 dias, praticamente o mesmo tempo previsto para a obra, estipulado em 720 dias.

Depois da abertura dos envelopes, as empresas envolvidas podem entrar com eventuais recursos. Passada essa fase, o Deinfra homologa o resultado e pode assinar a ordem de serviço para o começo da recuperação das duas pontes. A Cejen engenharia, de Curitiba, venceu a licitação para fazer as obras de reparos em abril

O secretário de Infraestrutura do Estado, Carlos Hassler, confirmou via assessoria de imprensa que a Cejen já foi procurada. Segundo ele, as negociações estão em andamento. Hassler afirmou que o valor de reajuste, por conta do tempo de atraso, está sendo calculado. O dinheiro para a obra virá de financiamentos já existentes, por isso o Estado aguarda o remanejamento ser autorizado pelos órgãos financiadores. Hassler diz que trabalha para ter a reforma iniciada em fevereiro, após a homologação da empresa vencedora da licitação de fiscalização.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *