TCE/SC determina que prefeito apresente soluções para mobilidade
04/02/2019
Justiça determina ações de proteção ambiental e regularização de áreas no Pântano do Sul
05/02/2019

Centro Histórico da Capital e seus tradicionais locais de convergência social e cultural

O Centro sempre foi o “local do encontro”, da convivência multissocial e multicultural. Essa característica está nas origens de Desterro.

A história registra que o desenvolvimento da cidade se deu em várias etapas, a partir do núcleo central (Praça 15), com destaque inicial para a região Oeste – ao longo das atuais ruas Conselheiro Mafra, Felipe Schmidt e Tenente Silveira. Foi para esse lado que o comércio primeiro se estabeleceu.

O lado Leste manteve-se durante muito tempo como área residencial e de serviços públicos, agregando depois (século 19) atividades comerciais que orientaram o ritmo do crescimento econômico.

Essas duas regiões formam o Centro Histórico, que ganhou muitas alterações urbanas no correr do século 20, com destaque para a evolução da construção civil, o calçadão central e o aterro da baía Sul – o “enterro do Desterro”, como definiu o falecido vereador Valdemar da Silva Filho (Caruso).

(Confira matéria completa em ND, 05/02/2019)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *