Projeto trata de benefícios fiscais à indústria náutica de SC
17/12/2018
Parques do Rio Vermelho e Acaraí são destaque do Programa Caminhos da Natureza
17/12/2018

Projeto vinculado ao Veleiro ECO da UFSC é selecionado para bolsa socioambiental

O projeto Eco do lixo marinho na biodiversidade (ECO-LMB) foi selecionado para apoio na chamada pública 2018 do Programa Petrobras Socioambiental. O projeto será administrado pela Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC) e coordenado pelo professor Orestes Alarcon do Departamento de Engenharia Mecânica e Materiais, com a participação de professores e pesquisadores dos Departamentos de Oceanografia, Biologia e Design da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O projeto ECO-LMB foi um dos 68 novos projetos aprovados para desenvolvimento nos próximos dois anos, com orçamento de R$180 milhões da estatal.

O Veleiro ECO e sua equipe irão navegar, pelo Petrobras Socioambiental, desde Florianópolis (SC) até o sul do nordeste brasileiro (BA) para realizar um diagnóstico das pressões antrópicas no ambiente marinho, como poluição química e resíduos sólidos, e seus impactos na biodiversidade. Enquanto as ONGs envolvidas como ABLM, ROUTE, ECOSURF e SAGRES vão desenvolver atividades com as comunidades para sensibilização e educação ambiental na temática do impacto do lixo na biodiversidade marinha.

Este ano, ao todo 1699 propostas foram submetidas e analisadas por um comitê de especialistas da  Petrobras, do terceiro setor, do poder público, da comunidade científica e acadêmica e da imprensa especializada nas áreas social e ambiental.

Sobre o projeto

A proposta é de construir e desenvolver iniciativas estruturadas que possam contribuir para a preservação da vida no oceano. Grande parte do lixo marinho e da poluição química que chega aos mares e oceanos têm origem no descarte indevido em terra. Assim, em conjunto com o trabalho embarcado realizado durante as expedições do veleiro ECO, será desenvolvido um extenso projeto de educação ambiental e divulgação científica junto à sociedade brasileira com o intuito de promover sensibilização ambiental, mobilização social e, consequentemente, a preservação e recuperação dos ecossistemas marinhos e sua biodiversidade. Para isso, serão instaladas unidades físicas multifuncionais, denominadas ECO circus da biodiversidade abordando o tema da biodiversidade marinha, do lixo marinho, do impacto deste nos oceanos, que serão implementados com a participação de instituições parceiras (ONGs, OSCIPs e Universidades) e permanecerão à disposição da comunidade local durante e ao fim do projeto para fomentar intervenções participativas locais e periódicas de sensibilização e monitoramento dos impactos das atividades das comunidades e seu ambiente.
Mais informações sobre o Veleiro ECO no site.

(Ufsc, 14/12/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *