Obras de balneabilidade na Beira-Mar Norte devem terminar em dezembro, em Florianópolis
06/11/2018
Catamarãs na ligação Ilha-Continente: empresário ainda terá que fabricar embarcações
07/11/2018

Sistema Integrado de Mobilidade de Florianópolis completa quatro anos com avanços

Inaugurado em 2014 para marcar uma nova fase na história do transporte coletivo de Florianópolis, o SIM (Sistema Integrado de Mobilidade) completou quatro anos neste domingo (4) com avanços, mas ainda está longe de ser o principal meio de transporte na Capital. O Consórcio Fênix, formado pelas cinco empresas que operavam o serviço, venceu a licitação e tem o direito de explorar o transporte coletivo por 20 anos. Principal característica do sistema, a integração ganhou apoio da tecnologia para atrair usuários ao invés de apenas afugentá-los diante da combinação perversa de percursos longos, congestionamentos e tempo de viagem.

De acordo com o secretário de Transportes e Mobilidade de Florianópolis, Marcelo Roberto da Silva, dados estatísticos comprovam que, durante estes quatro anos, o SIM apresentou melhoras pontuais em linhas, itinerários e nos ônibus, com renovação da frota. “Mas evoluímos muito na informação para o usuário, com a criação de serviços novos”, destaca, ao citar o aplicativo Floripa no Ponto, lançado para oferecer confiabilidade ao serviço. Uma vez instalado em smartphones, o aplicativo informa a posição real de cada linha através de um equipamento de GPS instalado nos veículos.

Lançado em novembro de 2017, o Floripa no Ponto tem mais de 30 mil downloads, passou por uma atualização, para ganhar os idiomas inglês e espanhol. A segunda atualização deve ser finalizada até o final do ano, em trabalho conjunto com a Acic (Associação Catarinense para Integração dos Cegos), mas o aplicativo continua em desenvolvimento para novas atualizações em 2019. “A ideia é que o usuário possa comprar créditos com o aplicativo e também fazer a avaliação do transporte. É um conforto a mais para o usuário”, define Silva.

(Confira matéria completa em ND, 06/11/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *