Marcondes 80 anos
01/11/2018
Projeto quer transformar quadra de esportes abandonada em Florianópolis em coworking público
05/11/2018

Prefeitura de Florianópolis capacita empresas para preenchimento da autodeclaração de regularidade de esgoto

Ampliando a capacidade de atendimento ao morador que possui o imóvel com alguma irregularidade em sua instalação hidrosanitária, a Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio do Programa Floripa Se Liga Na Rede, e a Casan realizaram nesta quinta-feira, dia 1º de novembro, o primeiro curso para engenheiros e técnicos sobre o correto preenchimento da Autodeclaração de Regularidade. A capacitação ocorreu durante a segunda edição do curso técnico gratuito “Como fazer a ligação de esgoto do imóvel à rede pública da Casan”.

A primeira turma, formada por engenheiros (civil ou sanitarista e ambiental) e técnicos (sanitário, ambiental ou em edificações). passa a estar legitimada perante o poder público para preencher a Autodeclaração de Regularidade, documento necessário para atualizar a situação do imóvel no cadastro da PMF.

Já o curso técnico sobre ligação de esgoto, reuniu 38 profissionais e representantes de empresas que a partir de agora estão habilitadas a prestar o serviço de regularização de esgoto em residências, estabelecimentos comerciais, edifícios e condomínios da cidade. Os participantes serão credenciados na Caixa Econômica Federal e poderão ser contratados pelo usuário via Cartão Se Liga Na Rede, financiamento inédito no país que parcela os custos de material de construção e mão de obra em até 90 vezes.

As duas capacitações foram ministradas por Igor Puff Floriano, engenheiro sanitarista da Echoa Engenharia, empresa que desde abril está a frente da gestão do Floripa Se Liga Na Rede.

“É um curso com utilização prática imediata, pois aborda legislação, normas técnicas para os itens mais importantes do sistema predial de esgoto sanitário, ao mesmo tempo que traz situações de irregularidades que temos encontrado durante as inspeções do programa nos bairros”, destacou Floriano.

Em sua fala aos participantes, o superintendente de Habitação e Saneamento, Lucas B. Arruda, falou sobre a importância de dividir responsabilidades em prol de uma cidade com melhores índices de saneamento básico.

“Vocês agora são propagadores do Floripa Se Liga Na Rede, sabem o que é certo em termos de ligação de rede de esgoto. Queremos com isso despertar a consciência na população sobre o problema, fornecendo informação, qualificando os profissionais que irão prestar o serviço e dando suporte financeiro para que a sociedade possa participar de vez desse processo”, disse.

Se Liga Na Rede

A Prefeitura Municipal de Florianópolis vem atuando em duas frentes para resolver a questão das ligações clandestinas de esgoto. Desde o dia 15, estão sendo feitas semanalmente, de segunda a sexta-feira, as blitzes de fiscalização, envolvendo fiscais da Vigilância em Saúde, da Floram e equipes técnicas da Casan e Floripa Se Liga Na Rede.

Um outro trabalho, mais minucioso, está sendo feito bairro por bairro, nos chamados eventos regionais. Engenheiros e técnicos do Programa Floripa Se Liga Na Rede se estabelecem provisoriamente em uma localidade de Florianópolis e promovem inspeções nos imóveis da região, orientando gratuitamente sobre a correta ligação de esgoto e fornecendo as informações de como o morador pode se regularizar.

No bairro Bom Abrigo, onde o Floripa Se Liga Na Rede realizou 166 inspeções entre 3 de setembro e 19 de outubro, foram encontrados 71 % de imóveis em situação irregular.

É para atender a essa demanda que são capacitados periodicamente empresas e profissionais.

“Geramos emprego e renda, melhoramos as condições de saúde e ambientais da cidade e levamos o assunto saneamento básico para dentro das casas”, resumiu Arruda.

Nova capacitação

Os cursos de ligação de esgoto do imóvel à rede pública da Casan serão feitos regularmente, conforme a procura. Para se cadastrar em lista de espera, basta enviar para o e-mail floripaseliganarede@pmf.sc.gov.br os seguintes dados:

  • Nome completo:
  • Nº documento (RG ou CPF):
  • Razão social da empresa (informe aqui se for profissional autônomo):
  • Telefone:
  • E-mail:

Para mais informações sobre o curso, acesse o link.

A lista das empresas que estão habilitadas desde agosto para o serviço de regularização, podem ser conhecidas pelo link.

(PMF, 01/11/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *