Museus catarinenses passam por vistoria
08/10/2018
Oito startups de SC são selecionadas para a missão ao Vale do Silício
09/10/2018

Prefeitura de Florianópolis disponibiliza mapeamento das artes públicas no município

A Prefeitura de Florianópolis (SC) anuncia que está disponível o mapeamento das artes públicas no município.

Conceitua-se como Arte Pública a intervenção artística inserida na paisagem urbana ou natural do município, de caráter permanente ou efêmero.

O município de Florianópolis conta com legislação de regulação e incentivo para essas intervenções artísticas desde 1989. No ano de 1990 é criada a Comissão Municipal de Arte Pública – COMAP, responsável pela análise e julgamento dessas intervenções.

Atualmente é previsto no Capítulo IX da Lei do Plano Diretor municipal, o Art. n. 176 que instituí a Política Municipal de Arte Pública, coordenada pelo Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis – IPUF.

O levantamento dos dados e o desenvolvimento do WEBGIS é realizado pelo Laboratório de Simulação e Geoinformação do IPUF. “O projeto ainda está em andamento, porém boa parte das informações já estão mapeadas”, lembra o geógrafo Kaliu Teixeira, Gerente de Cadastro e Geoprocessamento do IPUF. Os trabalhos foram desenvolvidas com tecnologias livres e gratuitas como os softwares QGIS, PostgreSQL e Leaflet, reafirmando a importância das Tecnologias da Informação Geográfica na gestão territorial municipal.

Para conhecer o mapa das artes públicas de Florianópolis, acesse http://espacospublicos.pmf.sc.gov.br/acoes-programas/mapasdarede/artepublica.html.

Mapeamento com Drones

O uso de drones para mapeamento será tema de dois cursos (básico e avançado) que vão acontecer durante o DroneShow Plus 2018, de 6 a 8 de novembro em São Paulo (SP). Confira a programação completa.

Este tema também foi destaque em várias atividades do DroneShow 2018, que aconteceu em maio passado também na capital paulista. Veja um resumo de como foi o evento:

Assista ao vídeo.

(Mundogeo, 05/10/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *