Empresa corre contra o tempo para deixar elevado do Rio Tavares pronto até a temporada
14/09/2018
Programa Florianópolis Cidade Unesco da Gastronomia é sucesso na Fenaostra
14/09/2018

Antiga Casa de Câmara e Cadeia de Florianópolis ganha pela primeira vez sistema preventivo contra incêndio

A antiga Casa de Câmara e Cadeia de Florianópolis, que abrigará o futuro Museu da Cidade, conta, pela primeira vez desde que foi inaugurada há 247 anos, com sistema preventivo contra incêndio, atendendo as instruções normativas do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. O sistema previsto no projeto de restauração do prédio que é um dos três mais antigos e significativos da Capital, cujas obras executadas serão entregues às 11h30 desta sexta-feira (14), busca, diante de caso de incêndio, combater seu foco e minimizar a propagação do fogo, proporcionar segurança aos ocupantes e diminuir os danos. “Isso demonstra a preocupação que temos com a preservação do patrimônio histórico e com a integridade da vida humana”, destacou o Prefeito Gean Loureiro.

Assim, tanto a edificação de 1771 quanto o novo anexo construído dispõem de 12 extintores de fácil localização e utilização, uma vez que estão dispostos em suportes metálicos em seus amplos corredores, por exemplo. Assim como de rede com dois hidrantes com mangueiras, estando um no térreo e o outro no pavimento superior, e um terceiro hidrante de recalque na calçada externa à construção, para uso exclusivo dos bombeiros. Aliás, até mesmo a nova caixa d’água, colocada sobre o telhado do anexo devido ao peso, tem reservatório de cinco mil litros tido como reserva técnica de incêndio.

Além disso, o sistema preventivo contra incêndio compreende iluminação e sinalização de abandono de local, detecção e alarme de incêndio, e proteção contra descargas atmosféricas. Sendo que, ao todo, a estrutura possui em torno de 25 blocos autônomos de iluminação de emergência e cerca de 20 placas indicativas de saída; um detector de fumaça, oito acionadores de emergência manuais e uma central que identifica onde foi acionado um eventual chamado; para-raio no novo telhado do prédio histórico e os devidos equipamentos de aterramento.

(PMF, 13/09/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *