Praça 15 de Novembro perde seu encanto centenário com a presença de moradores de rua
02/08/2018
Concessão do Centro de Eventos de Canasvieiras é discutida na ACIF
02/08/2018

ICMBio e parceiros lançam publicações no IX CBUC

O IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC) foi palco de lançamentos de algumas publicações produzidas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e instituições parceiras. Os materiais, que foram apresentados ao público do evento, têm como protagonistas as riquezas naturais brasileiras e os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos para conservar, proteger e aproximar a sociedade dessas áreas protegidas.

No espaço de eventos do CBUC, que está sendo realizado no Centro de Convenções de Florianópolis (SC) – Centro Sul, foram lançados a revista “Boas Praticas na Gestão das Unidades de Conservação”, o livro “Travessias”, o “Manual de Sinalização de Trilhas”, o documentário “Parques do Brasil”, uma publicação sobre os Centros de Pesquisa do ICMBio, o livro “Monitoramento Participativo da Biodiversidade. Aprendizados em Evolução. A teoria e a Prática” e o “Atlas dos Manguezais do Brasil”.

Saiba mais sobre os lançamentos:

Boas Praticas na Gestão das Unidades de Conservação

A terceira edição da revista Boas Práticas de Gestão nas Unidades de Conservação, foi realizada em parceria com o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM). A revista aborda 80 práticas utilizadas nas UCs federais que tiveram sucesso na superação dos mais variados desafios diários nessas áreas, como incêndios, caça ilegal, demarcação de territórios, comunicação, participação da comunidade, entre outros. A publicação é o principal resultado do III Seminário de Boas Práticas de Gestão de UCs, que aconteceu em Brasília, em 2017, que teve como foco discutir o papel relevante das parcerias intersetoriais no desenvolvimento das UCs no Brasil. A revista contou ainda com a parceria de USAID, Forest Service Department of Agriculture, GIZ, BID, Fundo Socioambiental Caixa e Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com a analista ambiental do ICMBio, Carla Guaitanele, “ a revista representa todos os biomas e estados e externaliza o trabalho realizado com diversas parcerias com foco no desenvolvimento de ações voltadas ao meio ambiente”.

Travessias: uma aventura pelos parques nacionais do Brasil
O livro-reportagem é fruto de uma parceria entre ((o))eco e o ICMBio e traz as reportagens produzidas pela jornalista Duda Menegassi, que percorreu 11 travessias em unidades de conservação federais. As trilhas acompanharam as comemorações dos 10 anos de existência do ICMBio.

Monitoramento Participativo da Biodiversidade. Aprendizados em Evolução. A teoria e a Prática

O livro é fruto de uma parceria entre o ICMBio, IPÊ, Fundação Gordon e Betty Moore e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID/BRASIL) e faz parte de um projeto que tem como objetivo implementar monitoramentos participativos da biodiversidade e promover o envolvimento socioambiental para o fortalecimento da gestão das unidades de conservação (UC) e a conservação da biodiversidade em UCs da Amazônia.

Manual de Sinalização de Trilhas

A publicação lança as bases para a criação de trilhas de longo curso a fim de que, a exemplo do National Trail System dos Estados Unidos, esses caminhos ecológicos também sirvam como conectores de paisagens entre as unidades de conservação e outras áreas. “O propósito do manual é oferecer uma base comum para que a sinalização de trilhas seja realizada segundo um referencial técnico unificado”, disse Pedro Menezes, coordenador-geral de Uso Público e Negócios do ICMBio.

Parques do Brasil

Parques do Brasil é uma série de TV e web, que tem como objetivo promover a popularização do conhecimento científico sobre a biodiversidade dos parques nacionais e outras unidades de conservação brasileiras. A produção enfatiza a relação entre o meio ambiente, a saúde e a qualidade de vida das pessoas. O projeto foi realizado em conjunto com o ICMBio, a Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), e a TV Brasil/EBC.

Centros de Pesquisa

O material aborda o histórico, a importância e o trabalho desenvolvido pelos 14 Centros de Pesquisa e Conservação do ICMBio. Eles se constituem em unidades descentralizadas da autarquia aos quais compete produzir, por meio da pesquisa científica, o ordenamento e a análise técnica de dados, o conhecimento necessário à conservação da biodiversidade, do patrimônio espeleológico e da sociobiodiversidade associada a povos e comunidades tradicionais.

Atlas dos Manguezais do Brasil.

A publicação é fruto do Projeto Manguezais do Brasil (GEF/Mangue), implementado pelo Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento – Brasil (PNUD), com o apoio do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), e coordenado pela Diretoria de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial de UCs (DISAT), do ICMBio. O material traz informações sobre os manguezais, uma das maiores riquezas biológicas do planeta, reconhecidos pela importância para amenizar o efeito estufa e agir como barreiras naturais contra a erosão. De acordo com o diretor
de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial do ICMBio, Cláudio Maretti, “ a publicação apresenta os resultados obtidos pelo Projeto Manguezais do Brasil, discute suas lições aprendidas e as perspectivas para a conservação desses ambientes brasileiros”.

O IX CBUC começou no dia 31 e julho e vai ate o dia 02 de agosto, essa edição do evento tem como tema Futuros Possíveis: Economia e Natureza. O encontro reúne os principais especialistas do Brasil e do mundo sobre a temática ambiental e conta com espaços que tratam sobre inovação, tecnologia, sustentabilidade, diversidade e colaboração.

(ICMBio, 01/08/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *