Gastronomia de Santa Catarina é destaque em pesquisa Nacional
08/08/2018
TCE autoriza retomada de edital para fiscalização das reformas nas pontes Pedro Ivo e Colombo Salles
09/08/2018

COPPIR lança cartilha de orientação à população no combate ao racismo

A Prefeitura Municipal de Florianópolis, através da Coordenadoria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, lançou no dia 07 de Agosto a Cartilha de Orientação à População no Combate ao Racismo, entitulada “SOFRI RACISMO, O QUE FAZER?”.

A referida Cartilha foi lançada dentro da programação do evento Floripa Lilás em alusão aos 12 anos da Lei Maria da Penha, promovido pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher da Prefeitura Municipal de Florianópolis em parceria com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

O Coordenador de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Dr. Fábio Dias, ressaltou em seu discurso que: “No ano de 2016, 4.645 mulheres foram assassinadas no Brasil, perfazendo um total de 4,5 mulheres mortas a cada 100 mil brasileiras, onde a maioria das vítimas eram negras, sendo tal informação obtida através do Atlas da Violência 2018, elaborado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicada (Ipea), e também pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A taxa de homicídio naquele ano foi de 5,3 a cada 100 mil negras; e de 3,1 a cada mil 100 mil mulheres brancas, representando uma diferença que chega a 71% entre as raças, e que evidencia os impactos das desigualdades raciais em nosso País. Nos 10 anos de análise (de 2006 a 2016), enquanto o país matou menos brancas (queda de 8%), os homicídios entre as negras só cresceu (aumento de 15,4%). Frente a esses dados alarmantes não podemos nos calar e temos de adotar sérias medidas de conscientização, legais e repressoras, afim de não mais nos depararmos com tamanha crueldade.”

O Coordenador também ressaltou a importância desta Cartilha em razão da mesma ser mais uma ferramenta informativa e mobilizadora no combate ao Racismo colocado à disposição da população, não só das mulheres, mas da sociedade em geral.

A Prefeitura Municipal de Florianópolis reafirma o seu compromisso de garantir a igualdade de direitos e e deveres para todos os cidadãos, sem distinção de qualquer natureza, assim como buscar aplicar políticas públicas capazes de erradicar as mazelas sociais que lamentavelmente assolam o nosso país, expandindo dessa forma com qualidade a rede de atenção e enfrentamento à tais violências.

(PMF, 08/08/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *