Prefeitura lança edital para oferecer Wi-Fi gratuito em áreas públicas
30/07/2018
COMDES encaminha carta ao Governo do Estado para aceleração do projeto da Rede Integrada do Transporte Coletivo Metropolitano
31/07/2018
FORTE-FOTO-670x480.jpg

A área em frente ao Beiramar Shopping que pertencia ao Exército foi cedida para a Prefeitura de Florianópolis em dezembro de 2016 para a criação da Praça Forte São Luis.

Após anos de tratativas com a União, a adoção do espaço emperrou nos estudos arqueológicos realizados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em conjunto com o poder público municipal. Concluído, o relatório apresentado pelo órgão certifica que não existe nenhum impedimento para a construção da Praça no terreno de cerca de 5.000 m² localizado na esquina da rua Bocaiúva com as avenidas Mauro Ramos e Rubens de Arruda Ramos (Beira-mar Norte).

Segundo o professor Salomão Matos Sobrinho, vice-presidente da Associação FloripAmanhã e coordenador do GT Revit (Grupo de Trabalho de Revitalização de Espaços Públicos e Meio Ambiente), o processo de transformação da área na Praça Forte São Luis deve iniciar em breve. Resta apenas a palavra final do Iphan. “(A criação da praça) chegou em um estágio onde exigia um estudo de arqueologia. O relatório foi feito e não há nada patrimonial enterrado. Isso nos dá a possibilidade de retomar o projeto. Estamos aguardando orientações do Iphan sobre como proceder”, explica Sobrinho.

O projeto de revitalização do terreno será discutido na próxima quarta-feira (1º de agosto), em reunião do GT Revit. O Grupo Koerich, proprietário do Beiramar Shoppingsegue interessado em adotar a área e aguarda o posicionamento oficial dos órgãos competentes para retomar o processo.

Outros projetos de revitalização em pauta

Além da Praça Forte São Luis, a FloripAmanhã e a Prefeitura de Florianópolis trabalham em diversos projetos de revitalização de espaços urbanos, como o Parque do Abraão. O alvará de construção foi emitido no dia 4 de julho para o Grupo Cyrela, que tem 18 meses para concluir as obras. A empresa também será responsável por edificar oito casas populares para realocar na lateral do parque as famílias que vivem na área. O investimento total será de R$ 1,6 milhão, com recursos da própria empresa. O parque terá 20.000 m² e constam no projeto pista de caminhada, quadras esportivas, área de lazer infantil, entre outros atrativos.

Estão em pauta no GT Revit, também, áreas verdes na Daniela, no sentido de disponibilizar esses espaços para a comunidade. Esse projeto também será apresentado no dia 1º para os membros do Grupo de Trabalho de Revitalização de Espaços Urbanos e Meio Ambiente. Sobre a Praça dos Três Poderes, que fica entre o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas e a Assembleia Legislativa, o professor Salomão Matos Sobrinho afirma que serão levantados projetos de revitalização existentes no Ipuf (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis) para buscar adotantes.

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *