Prefeitura inicia construção da Praça do Carianos
08/06/2018
Programa do MPF-SC reúne ciclistas para ‘Pedal Humanitário’ no sábado, em Florianópolis
08/06/2018

Prefeitura lança coleta seletiva de orgânicos por pontos

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, lança em seminário nesta sexta-feira (8 de junho), no Jardim Botânico, o projeto “Ampliação e Fortalecimento da Valorização de Resíduos Orgânicos no município de Florianópolis”, segundo colocado nacional em edital do Fundo Nacional de Meio Ambiente e viabilizado por acordo de cooperação financeira com o Fundo Socioambiental Caixa.

Com o projeto, informa o presidente da Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap, Carlos Alberto Martins, a Prefeitura de Florianópolis vai implantar projeto piloto de coleta de resíduos orgânicos ponto a ponto. “Não há cidade no Brasil que faça a coleta de orgânicos em escala, nós vamos, por determinação do prefeito Gean, encarar esse desafio de começar a implantar a coleta em três frações: recicláveis secos, que já existe, orgânicos e rejeito”, afirma Carlão Martins.

O projeto servirá à implantação de sistemas de compostagem em escala domiciliar, comunitária e institucional, com ações de sensibilização e capacitação, monitoramento e apoio técnico. Tem como finalidade ajudar o município a atingir a meta de desvio do aterro sanitário de 60% dos resíduos secos e 90% dos resíduos orgânicos até 2030, conforme estabelece o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS).

“As metas de recuperação de resíduos não são da Comcap ou da Prefeitura, são da cidade, por isso a marca desse projeto é a colaboração e a gestão descentralizada”, aponta Carlão Martins.

De acordo com engenheira sanitarista Karina da Silva de Souza, gerente do Departamento de Projetos e Procedimentos da Comcap, hoje Florianópolis já conta com milhares de iniciativas domiciliares de recuperação dos orgânicos na fonte, com minhocários ou outros métodos, e pelo menos 30 pátios de compostagem e pontos de entrega de orgânicos institucionais e privados.

“Vamos desenvolver um sistema de informação que some todos esses resultados, hoje medimos apenas o que passa pela balança da Comcap. Isso demonstrará o grau de consciência avançada do cidadão de Florianópolis que deixa de gerar resíduos na sua casa ou já os recicla no seu bairro”, incentiva a engenheira.

No projeto, serão investidos R$ 987 mil em recursos do Fundo Socioambiental da Caixa, com contrapartida de 1% da Prefeitura de Florianópolis.

Ações previstas no projeto:

– Implantação de coleta seletiva de orgânicos ponto a ponto. Serão instalados pontos de entrega voluntária de orgânicos em centros de saúde, escolas da rede municipal e outros pontos estratégicos.

– Aquisição de equipamentos (bombonas, balanças), ferramentas e materiais de construção civil para implantação dos pátios e de três veículos, dois utilitários e um automóvel, para a coleta dos resíduos, supervisão técnica e educação ambiental.

– Ampliação e melhoria dos dois pátios de compostagem operados pela Comcap e Floram, no Centro de Valorização de Resíduos (CVR), Itacorubi, e Parque do Córrego Grande.

– Implantação de novo pátio de compostagem no Ecoponto da Comcap no Morro das Pedras e ampliação do pátio na Base Operacional Norte.

– Implantação de dois novos pátios pela Floram.

– Fortalecimento das duas iniciativas de compostagem comunitária já existentes Revolução dos Baldinhos e Horta Pedagógica do Pacuca.

– Implantação de cinco novos pátios com gestão comunitária.

Os novos pátios serão mapeados com lideranças comunitárias a partir do seminário de lançamento do projeto.

Campanha educativa

Durante o seminário, o prefeito Gean Loureiro vai apresentar a campanha educativa de mídia da Comcap. “Estamos recuperando inclusive a capacidade da Comcap de investir na divulgação e na educação para a coleta seletiva”, afirma Carlão Martins.

Comitê gestor do JBF

Também na ocasião, o prefeito Gean Loureiro assinará decreto que institui o Comitê Gestor do Jardim Botânico de Florianópolis formado por representantes dos seguintes órgãos:

– Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Floram e Ipuf)

– Comcap

– Secretaria Municipal de Segurança Pública

– Procuradoria Geral do Município

– Entidades convidadas: Associação Amigos do Jardim Botânico, Epagri, Rede Brasileira de Jardins Botânicos, Ufsc, Udesc e Sebrae.

(PMF, 07/06/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *