Instituto do Meio Ambiente de SC lança 11ª edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental
27/06/2018
Marco legal do biogás é aprovado pelos deputados por unanimidade
27/06/2018

Nova lei exige mais cuidados com animais em Florianópolis

A Câmara de Vereadores de Florianópolis aprovou um projeto de lei que proíbe o acorrentamento e o confinamento permanente de animais domésticos na Capital. A proposta, de autoria da vereadora Maria da Graça (MDB), segue agora para sanção do Executivo.

Segundo a proposição, entende-se como “confinamento, acorrentamento e/ou alojamento inadequado” qualquer meio de restrição à liberdade de locomoção dos animais domésticos”.

A vereadora Maria da Graça destacou a aprovação como um passo importante para o reconhecimento do sentimento dos animais. “Os animais têm a capacidade de sentir como os seres humanos. Acorrentá-los é roubar o próprio direito de viver deles”.

A lei define que, em casos de impossibilidade e ausência de um outro meio de contenção, o animal deverá ser preso a uma corrente de “vai-e-vem” com no mínimo oito metros de comprimento. Além disso, a corrente não poderá pesar mais de 10% do peso do animal.

Já a respeito do confinamento dos animais novas condições foram acrescentadas. Espaço suficiente para movimentação, a incidência de sol, luz, sombra e ventilação são alguns dos critérios.

(OCP News, 27/06/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *